Índice de confirmações de Covid-19 tem queda de 10,52%, em sete dias

Número de mortes também é menor em comparação ao período anterior

385
Publicidade
Da reportagem

O índice de contaminações pelo novo coronavírus apresentou queda nos últimos sete dias. Entre o sábado passado, 8, e esta sexta-feira, 14, o município confirmou 170 novos pacientes com Covid-19.

A taxa de infectados representa redução de 10,52% em relação ao registrado na semana anterior (de 1ª a 7), quando foram notificados 190 casos positivos. Em outro comparativo, a queda é de 41,17% em relação à semana de pico (de 18 a 24 de julho), que notificou 289 confirmações.

Nos sete dias recentes, o número de mortes também foi menor em comparação ao período anterior, passando de quatro para três óbitos pela doença. Os falecimentos confirmados nesta semana são de mulheres.

O óbito mais recente foi divulgado em boletim epidemiológico na manhã de sexta-feira, 14, referente a uma mulher de 61 anos, que estava internada na unidade de terapia intensiva da Santa Casa.

Outros dois óbitos haviam sido divulgados na manhã de quinta-feira, 13. As pacientes, de 66 e 64 anos, também estavam internadas na unidade de terapia intensiva da Santa Casa.

Publicidade

Com os novos registros, a cidade somava 44 vítimas fatais desde o inicio da pandemia, sendo 22 homens (16 acima dos 60 anos e seis entre 39 e 59 anos) e 22 mulheres (19 na faixa dos 60 anos e três entre 39 de 59 anos).

Os números representam taxa de 2,90% de letalidade – índice calculado pelo número de óbitos em comparação à quantidade total de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus.

Apesar do número menor de diagnósticos, nesta semana, a secretária da Saúde, Tirza Luiza de Melo Meira Martins, aponta ter ocorrido aumento no número de casos graves da doença – diferentemente do que vinha ocorrendo nas semanas anteriores, que registraram mais confirmações e menos casos graves.

A média de diagnósticos em sete dias foi de 24,2 infectados a cada 24 horas. Somente nos últimos quatro dias, a cidade recebeu 712 novas notificações, das quais 127 foram confirmadas (17,83%).

Até segunda-feira, 10 (data de fechamento da edição anterior de O Progresso), a cidade somava 6.194 notificações por Covid-19, sendo 32 casos suspeitos aguardando resultado dos testes, 4.775 descartados e 1.387 positivos, com 41 óbitos pela doença.

Já na tarde de sexta-feira, 14, conforme o boletim epidemiológico mais recente, divulgado por volta das 11h, o município somava 6.906 notificações, sendo 33 casos suspeitos aguardando resultado dos testes (0,48%), 5.359 descartados (77,60%) e 1.514 positivos (21,92%), com 44 óbitos (2,90%).

Dos casos confirmados, 1.420 pacientes já estavam recuperados (93%), 44 morreram e 50 estavam em tratamento: 17 em hospitais e 33 em casa. Os 33 casos suspeitos somam duas mortes, que aguardam resultado dos testes para a doença, e 31 pacientes em tratamento: cinco em hospitais e 26 em casa.

A ocupação de leitos clínicos de internados por Covid-19 ou suspeitos na Santa Casa era de 31% e a ocupação da UTI por pacientes com Covid-19 ou casos suspeitos, de 71%.

Estavam internados, na Santa Casa, 17 pacientes, sendo dez na UTI, com quadros que inspiravam cuidados (todos com testes positivos), e sete no isolamento, com quadros estáveis (cinco positivos e dois suspeitos).

No hospital particular, estavam internados cinco pacientes, sendo um na UTI, com quadro que inspirava cuidados (positivo para Covid-19), e quatro no isolamento (um positivo e três suspeitos).

Publicidade