Inauguração de nova sede do Cras Sul será no dia 30 com evento

    201
    Publicidade
    Siltec
    Alessandra Bonilha, dra





    Evento programado para a manhã da quarta-feira da semana que vem, 30, marcará a inauguração da nova sede do Cras (Centro de Referência de Assistência Social) Sul. O imóvel está sendo ocupado pelo órgão desde o mês passado.

    A cerimônia acontece às 10h, na rua Osmil Martins, 350, no Jardim Santa Rita de Cássia. Ela deverá contar com presença do secretário municipal da Indústria, Desenvolvimento Econômico e Social, Márcio Fernandes de Oliveira, e do prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, sendo aberta ao público.

    Construído pelo Cosc (Centro de Orientação Social à Comunidade), o prédio passou para o Executivo após decisão da primeira entidade. Em função de reformulação econômica, o centro optou por concentrar atividades na região central do município, devolvendo o terreno cedido por comodato.

    O Cras Sul está funcionando no imóvel desde o fim de fevereiro e estima “oferecer à população da região uma gama ainda maior de serviços e cursos”. A previsão se deve ao fato do tamanho do prédio, composto por seis salas, dois almoxarifados, uma cozinha e três banheiros, sendo um deles adaptado para pessoas com necessidades especiais.

    Publicidade
    Siltec
    Alessandra Bonilha, dra

    A municipalidade pretende, também, maximizar o uso de espaços como a quadra de vôlei e o campo de futebol. Para isso, abriu inscrições a várias oficinas.

    As vagas são para jazz, balé, produção artesanal de papel e roupas para bonecas. A comunidade poderá participar, também, do programa “Alimente-se Bem – Sabor na Medida Certa”, em parceria com o Sesi (Serviço Social da Indústria).

    A mesma estrutura vai abrigar o “Acessa São Paulo” do Jardim Santa Rita. Esse serviço funcionava no bairro, até então, na mesma rua que abriga a nova sede do Cras Sul, mas em imóvel “entre os números 518 e 520”.

    A Prefeitura aguarda ligação do sistema Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo) para conexão com a internet.

    O Cras Sul atende, em média, cem famílias por mês. Os assistidos residem no Santa Rita e bairros Jardim Novo Horizonte, Jardim Gramado, Tanquinho. Também incluem moradores da zona rural, como Queimador e bairro dos Palanques.

    Por meio do centro, eles recebem atendimentos que estimulam “convivência e visam ao fortalecimento de vínculos”.

    O objetivo é “prevenir situações de vulnerabilidade social e oportunizar o acesso às informações sobre direitos e participação cidadã”. Mais informações são obtidas no fone 3251-2442.


    Publicidade
    Alessandra Bonilha, dra
    Siltec