Homem da Fundação é preso, suspeito de tráfico e contrabando

1240
Publicidade

Um homem foi preso, na tarde de quarta-feira, 1º, acusado de tráfico e contrabando, no Jardim Manoel de Abreu. A Polícia Civil prendeu o suspeito após cumprir mandato de busca e encontrar objetos ilícitos no local.

De acordo com a PC, os agentes entram em um bar, encontraram e apreenderam 200 maços de cigarro (Eight) – de venda proibida no Brasil -, sete porções de cocaína, uma balança de alta precisão, uma filmadora, uma câmera digital e R$ 829,60 em dinheiro.

No local, estariam três indivíduos, sendo um casal e o filho, que morariam em uma casa nos fundos. Após negarem inicialmente, o filho, Rodrigo Aparecido Pedroso, 30, teria confessado a prática de tráfico.

Segundo relatado no BO, ele seria dependente químico e, para sustentar o vício, fazia o comércio ilícito. Por tratar-se de um estabelecimento comercial, os policiais localizaram e apreenderam alguns documentos do local.

Questionado sobre os cigarros proibidos, Pedroso teria permanecido quieto, mas o pai teria afirmado que seriam para consumo próprio. Ambos foram conduzidos ao plantão policial e ouvidos informalmente.

Publicidade

Com a existência de denúncias anônimas, previstas em investigações confirmadas em abordagem, somadas à localização da balança de alta precisão e à confissão informal, o acusado foi indiciado por tráfico de drogas.

Da mesma forma, os cigarros proibidos no país e que Pedroso mantinha em alta quantia em depósito resultaram em novo indiciamento, por contrabando.

Publicidade