Grupo de Percussão do Conservatório faz concerto no ‘Museu’

193
Publicidade





AI Conservatório / Kazuo Watanabe

Um dos destaques do concerto é peça com utilização de máquinas de escrever

 

O Grupo de Percussão do Conservatório de Tatuí é atração especial na noite deste sábado, 29, a partir das 20h, no Museu “Paulo Setúbal”, à praça Manoel Guedes, 98. Sob coordenação de Luis Marcos Caldana, o grupo apresenta-se na abertura da exposição “Viagens Curtas”, de Rita Balduíno.

A apresentação terá como um dos destaques a obra de Tomas Friberg denominada “Fuga para Três Máquinas de Escrever”, no qual são utilizadas três desses equipamentos tradicionais. A obra foi estreada pelo grupo no início do mês, no concerto de abertura de temporada.

Publicidade

Também integram o programa as composições “Lift Off”, de Russel Peck; “Afta-Stuba!”, de Mark Ford; e “As Baquetas”, de Edgar Rocca (Bituca). O concerto será apresentado pelos professores Agnaldo Silva, Jeferson Oliveira e Luis Marcos Caldana.

As apresentações em diferentes pontos do município estão entre algumas das ações do Grupo de Percussão do Conservatório de Tatuí, o mais antigo deste gênero no país.

Em atividade por mais de três décadas ininterruptas, o grupo tem objetivos de oferecer aos estudantes de níveis básico, intermediário e avançado da escola de música a oportunidade de executar peças específicas para grupos de percussão, algo raro no país.

“Com isso, os instrumentistas podem obter aperfeiçoamento individual e aprimorar a experiência de apresentação em grupo”, conforme a escola.

Além de executar clássicos eruditos e populares, o grupo estimula a composição de novas obras, incentiva a formação de público para os mais variados estilos e populariza a percussão, agregando características performáticas e de dança.

“Sua atuação diferenciada consolida-o no cenário nacional e faz dele o pioneiro nesse segmento”, conclui a assessoria de comunicação do CDMCC.


Publicidade