Grande maioria indica que não viajou durante folia de Momo

    59
    Publicidade
    Siltec
    Alessandra Bonilha, dra
    EleService institucional
    Liderança Ferramentas
    Anglo

    A grande maioria dos leitores que votou na mais recente enquete promovida pelo jornal O Progresso informou que não viajaria durante o período de Carnaval.

    A pesquisa foi proposta em razão de que, ao viajar, os moradores deixam suas residências mais vulneráveis à proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

    A resposta de 94% dos participantes da enquete indicou que os tatuianos não deixariam a cidade neste feriado; somente 6% tinham planos de viagem, portanto.

    A pesquisa semanal acontece por meio do portal do jornal (www.oprogressodetatui.com.br) e, até sexta-feira, 15, esteve focada no número de casos de dengue confirmados em Tatuí, que subiram de três para cinco neste ano, conforme boletim do Setor de Combate à Dengue.

    A coordenadora do órgão, Rosana Alves dos Santos Lopes, alertou ser “necessário ter ainda mais cautela nestes dias recentes”, em razão do Carnaval.

    Publicidade
    EleService institucional
    Anglo
    Alessandra Bonilha, dra
    Siltec
    Liderança Ferramentas

    “Muitas pessoas viajam e vão para casas de veraneio – com quintais abandonados e sem cuidado -, além de outras situações que podem ser fator de risco. Então, o alerta é geral”, comentou ela.

    Para esta próxima edição, a enquete aborda a violência contra a mulher como tema. Neste final de semana, o jornal O Progresso publica especial em que o assunto figura em pauta. Na reportagem, estatística demonstra que o número de ocorrências policiais dessa natureza aumentou no ano passado.

    Conforme argumentam autoridades da área de segurança, isso aconteceu não porque as mulheres sofreram mais abusos, mas porque estão tendo menos receio de procurar a Delegacia da Mulher (ler em “O Progresso da Mulher”, que acompanha a edição deste final de semana).

    Assim, a enquete questiona: “Você crê que o número de ocorrências de violência contra as mulheres aumentou porque as vítimas estão tendo menos receio de procurar a polícia?”. A votação, com as opções de resposta “sim” e “não”, encerra-se na sexta-feira, 22, às 16h30, com publicação do resultado na edição do dia 24.

    Publicidade
    EleService institucional
    Siltec
    Liderança Ferramentas
    Anglo
    Alessandra Bonilha, dra

    DEIXE UMA RESPOSTA

    entre com sua mensagem
    entre com seu nome