GCM realiza operação para impedir uso de cerol em linha de pipa

378
Em um único dia, foram apreendidas 8 pipas e 32 carretéis com cerol (foto: AI Prefeitura)
Publicidade

A Guarda Civil Municipal realizou, dia 12, uma operação com o objetivo de coibir e prevenir o uso de cerol em pipas, por crianças e adolescentes, nos bairros Jardim Santa Rita de Cássia, Tanquinho, Pacaembu e Jardim Novo Horizonte.

Segundo a GCM, nos períodos de férias escolares, há significativo aumento no número de ocorrências envolvendo linhas de pipa com cerol.

Por esse motivo, a operação é realizada com frequência nessas épocas, “resultando na conscientização e na prevenção de muitos acidentes”, segundo acentuado pela assessoria de comunicação do Executivo.

Em um único dia de operação, foram apreendidas 8 pipas e 32 carreteis de linha com cerol. A GCM reitera que esse material apresenta riscos tanto para a comunidade (um dos tipos de acidentes mais frequentes ocorre com motociclistas) como para quem pratica a brincadeira, especialmente quando se utiliza uma linha conhecida como “chilena”.

(foto: AI Prefeitura)

De acordo com a GCM, a operação continuará ao longo de todo o período de férias escolares, sem data definida para acontecer.

Publicidade

De acordo com a lei estadual 12.192, de 6 de janeiro de 2006, é proibido o uso de cerol ou de qualquer produto semelhante que possa ser aplicado em linhas de papagaios ou pipas. Aquele que não cumpre a lei é multado em cinco Ufesps (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo), sem prejuízo da responsabilidade penal.

Ainda segundo a lei, quando o infrator é menor, os pais são, para todos os efeitos, os responsáveis, cabendo-lhes as despesas decorrentes da infração.

Publicidade