Fusstat lança canal para oferecer os cursos de culinária de forma on-line

Iniciativa visa atingir público diferenciado fora do expediente das aulas

727
A presidente do Fusstat, Sônia Maria Ribeiro da Silva (foto: Diléa Silva)
Publicidade

Visando atender a um público diferenciado em horários distintos – fora do expediente normal das aulas –, o Fundo Social de Solidariedade de Tatuí lançou nesta sexta-feira, 17, o canal “Receitas Fusstat”, uma ferramenta on-line com um curso completo de culinária.

De acordo com a presidente do Fusstat, Sônia Maria Ribeiro da Silva, a intenção é usar a plataforma de vídeos Youtube, em modo piloto, para disponibilizar, gratuitamente, as aulas e todas as receitas ensinadas nos centros de capacitação.

Para a presidente, o canal na mídia social vai possibilitar maior acesso da população aos cursos do Fundo Social. Ela ressaltou que a entidade recebia muitos pedidos para ampliar os horários das capacitações com a criação de salas noturnas.

“Tem muitas pessoas que não podem fazer os cursos do Fusstat porque não temos aulas noturnas e estão trabalhando ou estudando nos horários dos cursos. Então, pensamos em fazer diversos vídeos com passo a passo das receitas, para todo mundo conseguir fazer”, contou.

Inicialmente, serão oferecidas aulas de culinária. Contudo, conforme a presidente, a ideia é gravar outros cursos para disponibilizá-los na rede, como uma forma de oferecer capacitação e dicas para captação de renda extra.

Publicidade

“Por enquanto, vamos começar com os cursos de culinária, que é o que mais as pessoas pedem, mas podemos ampliar. Muitos já aprenderam coisas com o Fusstat e estão trabalhando e ganhando dinheiro, é este o nosso objetivo”, reforçou.

Inicialmente, as postagens serão feitas de forma quinzenal, às sextas-feiras, mas podem migrar para conteúdos semanais, segundo adiantou a presidente do Fusstat. O canal tem produção de Bruno Moraes e edição de Sebastião Ribeiro.

“O maior objetivo do canal é atingir aquelas pessoas que estão trabalhando e não podem frequentar os cursos, então, dependendo de como for o número de acessos, nós podemos até aumentar a frequência das postagens. Espero que as pessoas gostem, curtam e compartilhem com os amigos”, concluiu.

Publicidade