Exposição no Centro Cultural busca exibir detalhes do dia a dia

1012
Exposição ficará disponível até o dia 7 de abril (foto: Ian Kovalski)
Publicidade
Antuerpia
Fabio Villa Nova

O Centro Cultural recebe, desde a sexta-feira da semana, 8, a exposição “PHOTO.Sophia”, de Ian Kovalski. A mostra fica disponível até o dia 7 de abril, um domingo.

A exposição fotográfica contém alguns dos registros do artista coletados durante os últimos seis anos. A intenção de Kovalski é “exibir os detalhes que diversas vezes passam despercebidos no dia a dia por conta da falta de atenção, resultante da dinâmica que conduzimos nossas vidas”.

Cada imagem é complementada pelos próprios títulos, visando “fomentar a reflexão”. O expositor utiliza citações de filósofos e pensadores, como os alemães Arthur Schopenhauer e Friedrich Nietzsche; os gregos Sócrates, Platão e Aristóteles; e a banda Braza, que produz letras admiradas pelo artista.

“Busquei intitular cada obra com a frase de um filósofo ou pensador de grande relevância, que tenha a ver com a imagem ou que me recordou daquele momento ou situação”, informa o fotógrafo.

Após “abandonar” o curso de cinema no Ceunsp (Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio), campus Salto, Kovalski optou pela fotografia e decidiu estudar individualmente. Em seguida, ingressou no curso à distância de filosofia, na Unimes (Universidade Metropolitana de Santos).

Publicidade
Fabio Villa Nova
Antuerpia
Kovalski exibe fotos com frases para reflexão (foto: Eduardo Domingues)

Justamente essa união de preferências do artista forma o nome da exposição: “PHOTO.Sophia”, junção das palavras fotografia e filosofia.

“A filosofia trata das questões da vida. Então, eu tento, justamente, fotografar isso: as simples coisas que a gente não nota”, comentou.

A maior parte das 63 fotografias expostas é de Tatuí, mas também há capturas de viagens para Sorocaba, São Paulo, Santos, Registro e Ilha Comprida.

Kovalski reforça que as imagens expõem os detalhes que, normalmente, “as pessoas deixam passar”. “Chega um momento que a pessoa terá passado por tudo e não terá observado ou aproveitado nada, sem que pudesse usufruir daquele momento. Ficamos tão escravos da correria do dia a dia, que não temos mais controle. Estamos acorrentados o tempo todo”, afirma o expositor.

Paralelamente ao curso de filosofia, Kovalski é estudante de artes cênicas no Conservatório de Tatuí. Os trabalhos artísticos são difundidos, em grande maioria, por plataformas digitais, como Facebook e Instagram.

Em 2018, ele realizou a primeira exposição, no “Grito Rock”, evento produzido pelos coletivos “Pé Vermeio” e Mind, em parceria com o Fora do Eixo, na Concha Acústica. Na oportunidade, Kovalski exibiu um varal com algumas das fotos que, atualmente, estão expostas no Centro Cultural.

A prefeitura, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, promove a visitação gratuita diariamente, de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 21h, e aos sábados, domingos e feriados, das 19h às 21h.

O Centro Cultural está situado na praça Martinho Guedes, 12, centro. Mais informações pelo telefone: (15) 3259-3993.

Publicidade
Antuerpia
Fabio Villa Nova