Ex-prefeito Gonzaga assume o 3º mandato como deputado estadual

    Cerimônia de posse ocorreu na sala de reuniões da presidência da Alesp

    680
    Gonzaga é empossado em cerimônia na sala da presidência da Alesp (foto: divulgação)
    Publicidade
    CVC
    Alessandra Bonilha, dra
    EleService institucional
    Liderança Ferramentas

    O ex-prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo assumiu nesta quinta-feira, 3, uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. A cerimônia de posse aconteceu na sala de reuniões da presidência, conduzida pelo deputado estadual Cauê Macris, presidente da Alesp.

    A prefeita Maria José Vieira de Camargo, o novo presidente da Câmara de Tatuí, vereador Antonio Marcos de Abreu (PR), o vereador Alexandre Grandino Teles (PSDB), vários deputados estaduais e o deputado federal Samuel Moreira (PSDB) estiveram entre os presentes.

    Apesar de as sessões legislativas serem iniciadas apenas em fevereiro, Gonzaga, como deputado representando Tatuí e região, terá agenda com o governador João Doria, com o vice-governador Rodrigo Garcia, reuniões com deputados estaduais e visitas às secretarias de governo, quando serão apresentadas demandas e reivindicações.

    “Durante a próxima semana, vamos marcar audiências com vários secretários para nos apresentar, falar um pouco da nossa região, da nossa cidade e, depois, ter um contato próximo a partir do dia 14 de janeiro, quando começo efetivamente na Alesp”, declarou Gonzaga, por meio de assessoria de comunicação.

    O tatuiano reforçou que, devido ao pouco tempo de mandato, enfrentará uma “corrida contra o tempo para poder apresentar as demandas do município e da região na Assembleia”, mas assegura que deve buscar investimentos do governo do estado especialmente na área de saúde.

    Publicidade
    EleService institucional
    Alessandra Bonilha, dra
    CVC
    Liderança Ferramentas

    “Vamos tentar, neste curto espaço de tempo, fazer com que algumas demandas que a gente julga importantes para a cidade possam se tornar realidade”, comentou o deputado.

    Entre as prioridades elencadas, está o pedido da construção de uma escola de ensino médio para a região do Jardim Santa Rita de Cássia e a aprovação do projeto para nova entrada e saída de Tatuí, a partir do trevo que une as rodovias SP-127 e SP-129.

    “Queremos dar uma tratativa mais forte, mais firme para o projeto executivo da nova entrada da nossa cidade da SP-127, para quem vem da rodovia Castello Branco ter acesso ao nosso anel viário”, apontou.

    “Com as obras que a prefeita Maria José Vieira de Camargo tem implementado às margens do ribeirão Manduca, seria importantíssimo conquistar esta nova entrada, para tirarmos ainda mais o movimento e o trânsito de veículos do trevo do São Cristóvão”, acrescentou.

    Gonzaga ainda sustentou que pretende buscar recursos para a área de saúde de Tatuí. Entre elas, para um AME (Ambulatório de Especialidades Médicas).

    “Quando o governador João Doria esteve em Tatuí, no período da campanha, ele reiterou a possibilidade de a cidade ter um AME. Vou buscar isso para o nosso município, e, se conseguirmos, será um ganho muito grande no atendimento da Saúde”, comentou.

    Ainda na área de saúde, o deputado acrescentou que buscará incluir a Santa Casa de Misericórdia na Rede Hospitalar Metropolitana, um projeto do deputado federal Vitor Lippi, para a RMS (Região Metropolitana de Sorocaba).

    “É uma rede de hospitais interligados com o objetivo de reduzir as filas de cirurgias eletivas. Um trabalho muito bom que ele (Lippi) está desenvolvendo e que tem meu total apoio”, afirmou Gonzaga.

    O político salientou que levantará essas “bandeiras” durante a gestão e afirmou que, se não conseguir durante os três meses, poderá deixá-las encaminhadas junto ao governador de São Paulo.

    Gonzaga disputou as eleições para deputado estadual em 2014, obtendo 57.562 votos (30.135 em Tatuí) e era o primeiro suplente da coligação PSDB-PPS-DEM-PRB para o mandato 2015/2018. Assim, estará no parlamento paulista até o dia 15 de março, data em que assumem os deputados eleitos em 2018.

    Gonzaga ocupará a vaga da deputada estadual Célia Leão, que se afastou do cargo para ocupar a titularidade da Secretaria de Estado do Direito das Pessoas com Deficiência, a convite de Doria. Célia assumiu as novas funções logo após a posse do novo governador, dia 1º de janeiro.

    Este será o terceiro mandato do ex-prefeito na Assembleia. O tatuiano alcançou a função por dois mandatos, entre os anos de 1998 e 2004. Nesse período, ocupou a presidência da Comissão de Fazenda, Finanças e Orçamento.

    Gonzaga deixou a Alesp depois de vencer as eleições para prefeito de Tatuí em 2004, assumindo o novo cargo em 2005. Foi reeleito prefeito em 2008, para o mandato 2009/2012.

    Nos seis anos que ocupou o cargo de deputado estadual, Gonzaga trabalhou e votou pela instalação do gás natural no estado de São Paulo, decisão que, conforme acentuado pela assessoria do deputado estadual, “trouxe mais desenvolvimento para o interior paulista e, principalmente, para o sudoeste do Estado”.

    Em 2001, atuou contra a proibição do uso da “cama de frango” na nutrição de bovinos, na defesa dos produtores de Tietê, Laranjal Paulista e região. Na época, 10 mil trabalhadores dependiam da atividade e a região produzia 42 mil toneladas de “cama de frango”, usada na alimentação bovina.

    Na crise da avicultura, em 2003, buscou a redução de 2% na tributação no setor, garantindo o aumento dos incentivos fiscais, beneficiando produtores avícolas da região.

    Também trabalhou pela duplicação da SP-127 (rodovia Antonio Romano Schincariol), no trecho Tatuí a Itapetininga. Alcançou verbas para a Santa Casa poder construir a ala de internação (até a atualidade utilizada no atendimento dos pacientes SUS, Ala “Orlando Bolzan”).

    Por iniciativa dele, a Secretaria de Estado da Cultura construiu um alojamento para os estudantes do Conservatório de Tatuí, à margem da SP-127, com capacidade para até 200 alunos residentes.

    Como deputado, ainda foi o autor de diversas leis, como a que determina, à autoridade policial e aos órgãos de Segurança Pública, a busca imediata de pessoa desaparecida menor de 16 anos ou de qualquer idade portadora de deficiência física, mental e ou sensorial (nº 10.464/1999).

    Assinou a lei que obriga os hospitais e centros de saúde da rede pública estadual, ao receberem mulheres vítimas de violência, informá-las, já no atendimento, acerca da possibilidade de acesso gratuito à cirurgia plástica reparadora e às providências necessárias para a sua realização, nos casos das lesões ou sequelas da agressão comprovadas (nº 10.940/2001).

    Ainda na área de segurança, criou a legislação que obriga a autoridade competente, policial ou não, em periodicidade não inferior a 90 dias, a divulgar informações sobre os veículos apreendidos no curso de diligências efetuadas pela autoridade policial em ocorrências envolvendo crimes de furto e roubo (nº 10.777/2001).

    Também criou o Certificado de Propriedade de Máquinas Agrícolas, destinado aos veículos (tratores, máquinas e equipamentos agrícolas) não autorizados a transitar nas vias públicas, em virtude da legislação vigente de trânsito, pela lei 11.753/2004.

    E, ainda, é autor da lei 11.258/2002, que regularizou o serviço de transporte intermunicipal de estudantes através de vans, peruas escolares ou similares, serviço prestado sem taxímetro.

    Diante do trabalho realizado pelo sudoeste paulista, recebeu das câmaras municipais da região os títulos de cidadania dos municípios de: Sarapuí (2003), Cesário Lange (2000), Boituva (2002), Capela do Alto (2001), Angatuba (2001), Cerquilho (2000), Tietê (2004), Porangaba (2003), Quadra (2001), Conchas (2003), Araçoiaba da Serra (2002) e Bofete (2002).

    Recebeu, ainda, os prêmios: “Colar Comemorativo do Sesquicentenário da Revolução Liberal de 1842” (2003), pela Polícia Militar; “Honra ao Mérito” (2003), da Prefeitura de Itapeva; título de “Amigo do Bombeiro”, pelo 15º Grupamento de Bombeiros de Sorocaba; e título de “Bombeiro Honorário”, pelo Comando PM dos Bombeiros do Estado de São Paulo.

    Publicidade
    EleService institucional
    Alessandra Bonilha, dra
    CVC
    Liderança Ferramentas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    entre com sua mensagem
    entre com seu nome