Estudantes que têm Fies e Prouni ganham transporte a Boituva

248
É preciso ter Prouni, Fies 100% e renda per capita de 1 ½ salário mínimo (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Siltec
Da redação

A prefeitura, por meio da Secretaria da Educação, ampliou o convênio com a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).

Além de já disponibilizar linhas de ônibus para Sorocaba aos estudantes universitários que possuem Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) e Prouni (Programa Universidade para Todos) – ambos do Ministério da Educação, do governo federa -, agora a municipalidade também passa a oferecer linhas para a cidade de Boituva.

Os critérios para que o universitário participe dessas novas linhas da EMTU para Boituva são ter Prouni, Fies 100% e renda per capita de um salário mínimo e meio.

Havendo mais candidatos que vagas disponíveis, será utilizado o critério de ordem de chegada de quem tem Fies 100% para realizar o cadastro e o recadastro dos usuários do transporte universitário para o primeiro semestre de 2020.

De acordo com o Setor de Transporte da Secretaria Municipal de Educação, os alunos matriculados nas faculdades de Boituva que têm esses benefícios deverão solicitar que as instituições na qual estudam realizem o cadastro na EMTU.

Publicidade
Siltec

Posteriormente, é preciso que os alunos realizem o cadastro no site da EMTU (www.emtu.sp.gov.br/passe), no qual devem apresentar o comprovante junto com o montante da documentação. Esses documentos serão necessários para o cadastro do transporte universitário da Secretaria Municipal da Educação.

Cadastro e Recadastro

O Setor de Transporte da Secretaria Municipal de Educação realizará em janeiro o cadastro dos alunos interessados em utilizar o transporte universitário no 1º semestre de 2020.

O cadastro dos alunos que estão aguardando o resultado do vestibular, a resposta do financiamento do Fies, ProUni, EMTU, entre outros, mas que já desejam assegurar vaga no transporte universitário para ingressar na faculdade no primeiro semestre de 2020, será realizado nos dias 23 de janeiro, das 8h às 17h, e no dia 24 de janeiro, das 14h às 20h, na sede do Núcleo de Educação Básica Municipal “Ayrton Senna da Silva” (Nebam), à rua Prof. Oracy Gomes, 551, centro (em frente à Associação Atlética XI de Agosto).

Os interessados devem comparecer com os documentos: uma cópia do RG; uma cópia do CPF; uma cópia do comprovante de inscrição no vestibular; e uma cópia do comprovante de endereço no nome do aluno, do pai, ou da mãe (contas de luz, água ou boleto do cartão de crédito).

Caso esteja no nome dos avós ou esposo (a), anexar cópia da certidão de nascimento ou de casamento. Se estiver em nome de terceiros, anexar declaração da pessoa, com firma reconhecida em cartório, comprovando a veracidade da moradia.

Os alunos matriculados nas instituições de ensino (faculdades) de Sorocaba ou Boituva que não efetuaram cadastro no site da EMTU (Empresa Metropolitana de Transporte Urbano), devem se cadastrar por meio de etapas.

O primeiro passo implica em solicitar, na instituição de ensino, a inclusão de informações no portal da EMTU, como, por exemplo, o nome completo, RG, CPF, e CEP residencial. Também é necessário informar se possui benefícios do ProUni, Fies, ou renda per capita menor que um salário mínimo e meio.

O segundo passo consiste em verificar se o nome foi incluído no site (www.emtu.sp.gov.br/passe). Deve-se preencher o formulário da requisição, enviar os documentos digitalizados e imprimir o boleto.

Como terceiro, é preciso efetuar o pagamento do boleto na rede bancária. Caso não encontre o nome no site, deve-se buscar informações na instituição de ensino. Finalmente, é indicado aguardar a confirmação da concessão do benefício pela EMTU.

Publicidade
Siltec