Esquadrilha ‘faz fumaça’ em céu tatuiano

    Aeroclube local recebe apresentação na tarde deste sábado; evento segue no dia seguinte

    1236
    7º Campeonato Nacional de Acrobacia Aérea é uma das atrações oferecidas no Aeroclube de Tatuí (foto: Eduardo Domingues)
    Publicidade
    EleService institucional
    Alessandra Bonilha, dra
    Siltec

    A Esquadrilha da Fumaça é atração no Aeroclube de Tatuí, na tarde deste sábado, 20, às 15h30. Conforme a expectativa do vice-presidente do Aeroclube, Kaio Puertas, mais de 10 mil pessoas devem acompanhar a apresentação aérea.

    Esquadrilha da Fumaça é o nome popular do EDA (Esquadrão de Demonstração Aérea), formado por um grupo de pilotos e mecânicos da FAB (Força Aérea Brasileira), que faz demonstrações de acrobacias aéreas pelo Brasil e pelo mundo.

    Conforme definição do EDA, a missão da Esquadrilha da Fumaça é “realizar demonstrações aéreas a fim de difundir, em âmbito nacional e internacional, a imagem institucional da FAB”.

    O EDA foi criado em 1952, porém, a primeira demonstração aérea oficial do grupamento aconteceu somente dois anos depois. A última vez que a Esquadrilha da Fumaça se apresentou em Tatuí foi em 2011, durante as comemorações dos 185 anos do município.

    Antes da exibição do EDA, das 10h às 13h, o Aeroclube sedia as últimas disputas do 7o Campeonato Nacional de Acrobacia Aérea. A competição, organizada pelo Comitê Brasileiro de Acrobacia e Competições Aéreas (CBA), foi iniciada na manhã de quinta-feira, 18.

    Publicidade
    Siltec
    EleService institucional
    Alessandra Bonilha, dra

    No primeiro dia da competição, Puertas, representando o Aeroclube local liderou a categoria “planador”. Os pilotos Trabuco, na “básica”; Medeiros, na “esporte”; Pedro, na “intermediária”; e Christiano, na “avançada”, também terminaram o primeiro dia na primeira posição.

    Os resultados do segundo dia de provas ainda não haviam sido divulgados pelos organizadores da competição, até o fechamento desta edição (sexta, às 18h).

    Neste domingo, 21, acontece a solenidade de entrega dos troféus aos vencedores de cada umas das cinco categorias e do troféu de campeão brasileiro, seguido de jantar de confraternização.

    Ainda neste sábado, a partir das 13h, além da apresentação do EDA, o Aeroclube recebe um show aéreo com os pilotos participantes da competição, exibição do jato “L-39”, acrobacia de planador, aeromodelismo e paraquedismo.

    Com entrada gratuita, o público tem à disposição, diariamente, praça de alimentação, espaço kids, venda de suvenires do Aeroclube e da Cidade Ternura, além de estacionamento privado. Neste sábado, também há um palco com shows de bandas locais e uma barraca com itens da Esquadrilha da Fumaça.

    Mesmo com o encerramento do campeonato nacional, no domingo, o público ainda pode visitar o simulador de voo e aeronaves e participar de voos de passeio de planador – inclusive, com o sorteio de duas decolagens à população. Entre 10h e 17h30, ocorre um show aéreo, com as aeronaves participantes do evento.

    Esta é a primeira vez que o Campeonato Nacional de Acrobacia Aérea é realizado fora da AFA (Academia da Força Aérea), em Pirassununga. Conforme o piloto Bruno Nogueira Rodrigues, a CBA, em conjunto com o aeroclube local, resolveu realizar a competição em Tatuí porque gostou do espaço oferecido.

    Secretário municipal Cassiano Sinisgalli e a prefeita Maria José acompanharam a abertura da competição nacional (foto: Eduardo Domingues)

    “Com essa área plana e aberta e ainda sem as dificuldades de uma instalação militar, a competição poderá receber todo público para ver um verdadeiro show”, expôs.

    Nogueira Rodrigues é pai de outro piloto, Eduardo Costa Rodrigues. No mês de março, o filho representou o Aeroclube de Tatuí e conquistou o título da classe “kw1/clube” no 61o Campeonato de Voo a Vela do Sudeste, realizado no município.

    “São dois campeonatos diferentes. O anterior era um voo por distância e este é o voo acrobático. Neste, os pilotos precisam fazer a manobra perfeita, formando figuras completas e, desta forma, conquistar a maior pontuação possível”, explicou o pai.

    Os competidores decolam, um de cada vez, e têm um perímetro para realizarem as acrobacias, denominado “box” (caixa, em português) de um quilômetro de largura, profundidade e altura, totalizando a área de 3.000 metros cúbicos.

    O piloto tatuiano Armando Pettinelli Júnior esclarece que o box é demarcado no chão com uma faixa larga e comprida, mas é possível enxergá-la somente do alto.

    “Eles não podem sair do box, senão perdem pontos”, complementou Nogueira Rodrigues.

    Apesar de serem pilotos, ambos reconhecem a dificuldade de realizar as acrobacias aéreas e chegam a comparar a categoria com a Fórmula 1.

    “Quase todo mundo dirige, mas, com um equipamento de ponta e que necessita de precisão e habilidade, é algo para poucos. Certamente, esses poucos estão competindo em Tatuí”, assegurou Pettinelli Júnior.

    O diretor de segurança de voo do Aeroclube, Thalles Coutinho, assim como o piloto “Bolafly”, participarão do show aéreo de planadores. O município ainda é representado pelos pilotos Arthur Mazzucatto e Puertas.

    Puertas afirmou que a organização esperava um público de 2.000 a 5.000 pessoas nos primeiros dois dias do evento, mais de 10 mil pessoas no sábado e cerca de 8.000 no último dia de atividades.

    O vice-presidente ainda confessou estar com uma “diversão a mais” que os demais competidores, pelo fato de a disputa estar sendo realizada no município. Animado, ele disse ter contado os minutos para voar na quinta-feira.

    “O primeiro torneio nacional de acrobacia fora da AFA, sendo sediado no Aeroclube de Tatuí, é muito especial. Considero este local como um berço, pois aprendi a voar aqui”, revelou Puertas.

    Na manhã de quinta-feira, 18, a prefeita Maria José Vieira de Camargo esteve presente no Aeroclube durante a reunião com os pilotos, antes do início das disputas do campeonato nacional. Ela afirmou ser uma alegria recebê-los no município, reforçou os destaques locais, como Paulo Setúbal, e citou os títulos de “Capital da Música”, “Terra dos Doces Caseiros” e “Cidade Ternura”.

    “É com esta ternura e com este carinho que Tatuí recebe os pilotos e todos os visitantes a partir de hoje”, declarou a prefeita Maria José, na oportunidade.

    Publicidade
    Siltec
    EleService institucional
    Alessandra Bonilha, dra