Equipe local confirmada em rali argentino

Território Motorsport é o primeiro conjunto brasileiro inscrito em disputa internacional

187
Edu Piano e Solon Mendes aceleraram nas dunas argentinas em fevereiro (foto: Claudio Rieser/Photo-S)
Publicidade
Da redação

Os primeiros brasileiros inscritos no “South American Rally Race” (Corrida de Rali da América do Sul) de 2021 são da Território Motorsport. A equipe, com sede em Tatuí, será representada pelas duplas Edu Piano e Solon Mendes e Rodrigo Luppi e Maykel Justo.

Após a participação na primeira edição do evento, entre os dias 7 e 14 de fevereiro, os competidores da categoria UTV estão garantidos na competição argentina para enfrentar roteiro pelo deserto e costa da Cordilheira dos Andes, entre os dias 3 e 13 de fevereiro do próximo ano.

Conforme a assessoria de comunicação da equipe, o atrativo da competição é que o roteiro, “técnico e cheio de adversidades”, passa pelos mesmos trajetos pelos quais o “Rally Dakar” foi realizado, quando a prova era disputada na América do Sul.

A segunda edição do “Sarr” será composta por oito etapas, devendo passar novamente pelas províncias argentinas de San Juan, La Rioja e Catamarca. Segundo a assessoria, novas informações sobre a edição 2021 serão anunciadas em breve.

“É uma prova que não admite erros e foi dura do início ao fim. Os UTVs, modelos Can-Am Maverick X3, preparados pela equipe, tiveram um ótimo desempenho, e colhemos informações interessantes para melhorar ainda mais sua evolução”, aponta Piano.

Publicidade

Promovida pela AARR (Asociation Argentina de Rally Raid), a disputa da primeira edição teve mais de 200 competidores inscritos em 15 categorias. Com os argentinos sendo a maioria, o evento ainda reuniu participantes da Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Croácia, Equador, Estados Unidos, Paraguai, Peru e Uruguai.

O Brasil contou com oito competidores, sendo dois pilotos em categorias individuais e três duplas. Entre as duplas, estiveram Piano e Mendes e Luppi e Justo, representando a Território Motorsport.

As duas duplas participaram da categoria “T3.1”. Ao término das sete etapas, Luppi e Justo alcançaram a sexta colocação na classificação geral da categoria, enquanto Piano e Mendes ficam na 11ª posição.

Na primeira edição do Sarr, os competidores disputaram sete etapas em um roteiro de 2.584 quilômetros, passando pelas cidades argentinas de San Juan, Valle Fertil, Chilecito, Fiambala, Belen e Santa Maria.

De acordo com a assessoria da equipe, a Território Motorsport fechou uma parceria com Juan Pablo Sisterna, diretor-geral do rali, passando a ser representante oficial do Sarr no Brasil.

“O foco da parceria é fazer com que mais pilotos e equipes brasileiras conheçam a prova e transcendam fronteiras para o crescimento do esporte”, declara a assessoria, em nota.

“Podemos ajudá-los com dicas, informações e a parte burocrática. Temos mais vagas na nossa equipe aos interessados”, informou Piano.

“O maior objetivo é o de trabalhar para a evolução do rali brasileiro e ao crescimento da modalidade em toda a América do Sul”, completou.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome