‘Energia Comunitária’ distribui 126 refrigeradores í  população

218
Publicidade





Neste domingo, 6, a Prefeitura e a Elektro irão disponibilizar 126 geladeiras gratuitamente à população atendida pelo projeto “Energia Comunitária”.

Dois eventos estão programados, nas zonas norte e sul, para que as pessoas possam trocar refrigeradores velhos por equipamentos novos e com certificação de economia de energia elétrica.

O primeiro encontro acontece das 9h às 12h, na Emef “Prof. Eunice Pereira de Camargo”, destinado aos moradores do Jardim Gonzaga, vila Angélica e bairros vizinhos.

O segundo será realizado das 14h às 17h, na Emef “Prof. Maria Eli da Silva”, para habitantes do Rosa Garcia I e II, Santa Rita e região.

Publicidade

De acordo com a assessoria de comunicação do Executivo, os critérios para seleção de contemplados é o consumo excessivo de energia elétrica e mau estado de conservação da geladeira. Esta avaliação é realizada pela Elektro, em visita às residências.

“Os eletrodomésticos são trocados por equipamentos mais econômicos, selo A do Procel. Os aparelhos antigos são descartados de forma ecologicamente correta. Grande parte dos recursos utilizados no projeto é vinculada ao programa de Eficiência Energética, promovida pela distribuidora, por determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica”, explicou o prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, que deverá participar da abertura dos dois eventos.

Conforme o setor de comunicação, na primeira etapa do projeto, cerca de 300 famílias receberam aquecedores solares, tiveram substituição da fiação elétrica das casas e ganharam novos chuveiros.

Ainda de acordo com a assessoria, o programa também atendeu seis unidades da rede pública municipal de educação, que receberam 1.500 novas luminárias, beneficiando 3.682 estudantes.

As escolas beneficiadas com o programa foram: Emef “Prof. Alan Alves de Araújo”, “Prof. Acácio Vieira de Camargo”, “Prof. Maria da Conceição Marcondes de Oliveira”, “Prof. Eunice Pereira de Camargo”, “Prof. Magaly Azambuja de Toledo” e Nebam (Núcleo de Educação Básica Municipal) “Ayrton Senna da Silva”.

O projeto Energia Comunitária teve início em 2006. O programa estimula a economia de energia em comunidades carentes, por meio da recuperação, melhoria e adequação dos sistemas elétricos dentro e fora das residências.

De acordo com a Elektro, o projeto promove reformas em instalações elétricas; substituição de refrigeradores antigos ineficientes por eletrodomésticos novos; doação e substituição de lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas; reformas em espaços públicos de educação, esportes, lazer e recreação; instalações de placas de identificação de ruas; e cursos básicos de eletricidade residencial, encanador, artesanato, computação, entre outros.

Ainda conforme a Elektro, já foram beneficiados mais de 25 mil residências, substituídos mais de 4.000 refrigeradores e doadas mais de 500 mil lâmpadas fluorescentes compactas de 15W.


Publicidade