Emoção marca ‘Casamento Comunitário’

255
Publicidade





AC Prefeitura / Evandro Ananias

Noivos receberam bençãos, alianças, posaram para fotos, participaram de baile e concorreram a sorteios de brindes no dia 26 de julho

 

No fim do mês passado, Cosme Coelho da Costa, de 21 anos, mudou o estado civil. Passou de solteiro – apesar de estar vivendo com Agnes Natasha, de 20, há cinco anos e com quem tem um filho de dois anos e cinco meses – para casado. A oficialização da união aconteceu na noite de 26 de julho, em cerimônia coletiva realizada pelo Fundo Social de Solidariedade.

A solenidade marcou a união de 43 casais pelo projeto “Casamento Comunitário” e emocionou convidados. Também integrou a inauguração da Concha Acústica Municipal “Maestro Spártaco Rossi”, reformada pela Prefeitura com verba destinada por meio do deputado federal Cândido Vaccarezza (PT).

Publicidade

Primeiro da fila de noivos, Cosme disse que “tomou coragem” para oficializar a união por meio do projeto. Conforme ele, o casal viu na iniciativa do Fundo Social uma chance de poder ter a situação legalizada sem custos. Os casais atendidos ganham roupas, alianças, bolo, fotos e filmagens, sem contar que não têm de se preocupar com os custos em cartório.

Para o noivo, a oficialização da união serviu para fortalecer a relação do casal. “Vamos procurar nos esforçar ao máximo para que possamos nos dedicar um ao outro. O casamento, para mim, é algo inexplicável”, disse Cosme.

Ansioso para ver a noiva, ele teve de aguardar por, aproximadamente, meia hora até que pudesse subir ao altar montado no palco da Concha Acústica. Os noivos só entraram após a chegada das noivas, que vieram em dois ônibus.

Acompanhadas por guardas civis municipais, elas passaram pelo tapete vermelho logo depois dos padrinhos, o prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, e a primeira-dama e presidente do Fundo Social, Ana Paula Cury Fiuza Coelho.

Pouco antes de subir ao altar, Alair Lelis da Silva, 52, era só expectativas. “Estou realizando meu sonho. Moro junto com meu esposo, Paulo Vieira da Silva, há 28 anos. Minha família está em festa e meu coração, a mil”, declarou.

Alair conheceu Vieira na cidade de Serrana, quando tinha 24 anos. “Eu me lembro como se fosse hoje. Ele foi fazer um poço artesiano e fazia parte de um grupo de 12 homens. Quando olhei para ele, meu coração bateu mais forte”, disse. Com um mês de namoro, o casal decidiu se juntar e aumentar a família. Alair tem cinco filhos e Vieira outros cinco, que compareceram ao casamento.

Madrinha dos casais, a primeira-dama também se emocionou com o “Casamento Comunitário”. “É uma cerimônia muito bonita, na qual os noivos recebem as bênçãos de Deus. E, com a Concha reformada, com tudo novo e essa decoração maravilhosa, é mais gostoso ainda”, disse Ana Paula.

A presidente do Fundo Social acompanhou as noivas desde o início dos preparativos. Ana Paula participou do lanche da tarde oferecida para as 43 noivas e o processo de preparação delas, que envolveu serviços de maquiagem (com apoio de O Boticário), penteados e manicure e pedicure (via Tesoura & Cia.).

Os preparativos aconteceram no centro de capacitação do Fundo Social da vila Angélica. De lá, as noivas seguiram para a Concha, sendo acompanhadas até o altar por guardas civis municipais. O casamento teve início às 19h30.

A cerimônia mobilizou toda equipe do Fundo Social, incluindo voluntários dos centros de capacitação e do projeto “Melhor Idade”. “Eu sempre falo que tenho muito orgulho da minha equipe porque na hora que precisamos, todas se unem. Não importa o momento, do mais prazeroso ao mais difícil”, disse Ana Paula.

Os noivos contemplados neste ano ganharam, além da cobertura fotográfica e em vido, as alianças e participaram de sorteio de brindes doados pelo comércio e parceiros. Neste ano, contribuíram para o evento lojas do município, a CEF (Caixa Econômica Federal) e o jornal O Progresso, que publicou a pedido da primeira-dama os editais de proclamas sem custos para os casais.

A solenidade ficou a cargo do diácono Luiz Carlos Camargo, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, e do bispo Nilton José Alves, da Igreja do Evangelho Quadrangular. Contou com execução musical da Banda Tatuí Jazz Sinfônica. A Concha Acústica ganhou decoração do diretor do Departamento Municipal de Cultura e Desenvolvimento Turístico, Jorge Rizek.

Em palavra direcionada aos noivos, o bispo Alves destacou que o casamento foi instituído por Deus e que a união do homem e da mulher faz parte dos planos dele. Também citou que a mulher não deve “ser tratada como escrava ou como objeto”. “É para ser tratada com carinho”, recomendou.

Citando a própria união, o bispo declarou que os noivos deverão honrar e respeitar seus companheiros. Falou, ainda, que o casamento tem como base o amor e o comparou a uma árvore, sustentando que ele deve ser “regado e podado”.

Também falou que o relacionamento não é feito somente de alegrias e enfatizou o projeto do Fundo Social. “Deus também se alegra com a atitude do prefeito e da primeira-dama de realizar esse sonho dos presentes. Oxalá que Deus possa estar, cada vez mais, abençoando todos vocês”, complementou.

O diácono Camargo também abençoou os noivos. Em pronunciamento, ele destacou que a união é um momento especial e desejou felicidades aos casais. Na sequência, ele e o bispo Alves abençoaram as alianças repassadas aos noivos.

No palco, a primeira-dama destacou a participação da equipe do Fundo Social para a realização do evento. Citou que os funcionários tiveram uma preocupação “muito grande” com os detalhes para tornar a cerimônia “mais bonita”.

Ana Paula disse, ainda, que o mais importante da solenidade é a felicidade proporcionada aos casais. “Mais que festa, alianças e vestido, a partir de hoje vocês recebem as bênçãos de Deus. Que ele continua os abençoando, porque o casamento é feito de alegrias e momentos difíceis. Que vocês sejam sábios para conduzir cada dificuldade na vida e que tenham forças”, afirmou.

O prefeito também agradeceu os colaboradores e, cumprimentando os noivos, destacou que o evento marcou a inauguração da Concha Acústica. Manu disse que o local é “patrimônio da cidade” e agradeceu o empenho do secretário municipal de Infraestrutura, Meio Ambiente e Agricultura, Nilton Adriano Vieira Raposo. Conforme ele, o titular atuou com empenho para conclusão das obras.

A Concha estava em reforma desde o ano passado, com previsão inicial de término em dezembro de 2013. Além de pintura, teve o palco ampliado e banheiros reformados.

Também na cerimônia, Manu citou o trabalho de Rizek e da equipe do Departamento Municipal de Comunicação e Gestão Estratégica. O setor ficou responsável pelas coberturas em foto e vídeo cedidas gratuitamente aos casais.

O prefeito parabenizou o trabalho do Fundo Social e a esposa, que comanda a entidade. “Mais uma vez, ela está se destacando no cenário da nossa administração”, disse.

Conforme ele, o papel da administração pública é gerenciar todos os problemas de uma cidade, resolvendo questões de transporte, creche e remédio. No entanto, Manu disse que o Executivo também tem de “cuidar das pessoas”.

“E cuidar com dignidade é o que a Ana Paula tem feito com maestria, com todas as dificuldades”, disse. O prefeito destacou que, mesmo grávida, Ana Paula continua a realizar os projetos. Também disse que ela consegue conciliar a vida pessoal e profissional – a primeira-dama é dentista – com o Fundo Social

Além da Caixa Econômica Federal, Manu agradeceu os demais parceiros do evento. Empresas do município e profissionais liberais cederam brindes e serviços. Afirmou, por fim, que os noivos atendidos pelo Fundo Social foram agraciados com um “belo evento” e lembrou os 11 anos de relacionamento com a primeira-dama.

Manu e Ana Paula casaram-se no dia 25 de fevereiro de 2012. “Nós batizamos nosso primeiro filho no mesmo dia, numa cerimônia simples, nem perto disso aqui que estou vendo hoje e que parece coisa de novela”, brincou.

Ao final, o prefeito e a primeira-dama entregaram as certidões de casamento civil aos noivos, posaram para fotografias junto ao bolo, dançaram valsa e realizaram sorteio de brindes cedidos por empresários da cidade e região.


Publicidade