Eleitorado da prefeita sobe 8,13% e oposição perde a média de18,2%

Comparação considera os votos dos concorrentes entre 2016 e 2020

158
Publicidade
Da reportagem

No domingo da semana passada, 15, os eleitores tatuianos foram às urnas para eleger os representantes dos Poderes Executivo e Legislativo para a próxima gestão, que se inicia no dia 1º de janeiro de 2021 e vai até 31 de dezembro de 2024.

Conforme resultado divulgado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral),os votantes optaram pela renovação do Legislativo (76,47% das 17 cadeiras da Câmara Municipal serão ocupadas por novos representantes, entre eles, quatro mulheres).

Entretanto, para o Executivo,a maioria optou pela continuidade, mantendo Maria José Vieira de Camargo, do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira), como prefeita.

Comparativo feito por O Progresso com base nos dados divulgados pelo TSE mostra que, em relação às eleições de 2016, houve aumento no eleitorado da empresária reeleita, enquanto a oposição sofreu queda.

No domingo, a prefeita recebeu 31.861 votos. Em números absolutos, ela obteve 2.396 a mais que o obtido na disputa anterior, quando somou 29.465 -o que representa aumento de 8,13% no eleitorado em quatro anos.

Publicidade

Já na comparação entre o percentual de votos válidos obtidos nas duas eleições, o aumento foi de 6,91 pontos, saltando de 51,38% para 58,29%.

Por outro lado, o segundo, terceiro e quarto colocados na disputa somaram 22.803 votos neste ano – equivalentes à redução de 18,2% em comparação a 2016, quando a oposição somou 27.879 votos.

Com relação ao percentual de votos válidos, os candidatos concorrentes caíram de 48,62%para 41,71% – diferença de 6,91 pontos para menos.

O segundo colocado do pleito deste ano foi Wagner Rodrigues, o Coronel Wagner, do PP (Partido Progressista). A chapa majoritária denominada “Tatuí Merece Muito Mais” recebeu 10.683 votos (19,54% dos válidos).

O percentual de votos válidos é 4,75 pontos menor que o conquistado pelo segundo colocado nas eleições de 2016. Naquele ano, José Manoel Correa Coelho, o Manu, do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro), recebeu 13.926 votos (24,29%), tentando a reeleição.

Quanto ao terceiro colocado na disputa,a redução no percentual de votos válidos foi de 1,29%. Neste ano, Valdeci Proença, do Podemos, obteve 10.221 votos (18,70% dos válidos), sendo apoiado pela coligação “Juntos Podemos Mais, Amor, Trabalho e Honestidade”, (Pode e PTB).

Em 2016, José Guilherme Negrão Peixoto, o Guiga Peixoto, concorreu pelo PSC (Partido Social Cristão) e obteve 11.464 votos (19,99%, dos válidos).

Já a comparação entre o quarto lugar de 2020 e o de 2016 aponta queda de 0,87% no percentual de votos válidos. Neste ano, o quarto lugar ficou com a candidata Fátima Rodrigues, do PT (Partido dos Trabalhadores), que totalizou 1.899 votos (3,47% dos válidos).

Em 2016, a quarta posição foi ocupada pelo candidato Rogério de Jesus Paes, o Rogério Milagre, que concorreu pelo PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro) e somou 2.489 votos (4,34% dos válidos).

Os números de 2020 levam em os 62.254 votos totalizados para a eleição majoritária, dos quais 54.664 (87,81%) foram válidos. Os brancos somaram 2.952 (4,74%) e os nulos, 4.638 (7,45%).

Para a eleição majoritária em 2016, 62.256 eleitores compareceram às urnas. Desse número, 57.344 registraram votos válidos (87,88%) – redução de 4,67% em relação a 2020,que teve 54.664 válidos (87,81% do totalizado).

O levantamento ainda aponta aumento de 9,38 pontos no percentual de abstenções. Em 2016, 21,91% dos eleitores não compareceram às urnas e, neste ano,foram 31,29%.

O índice é o mais alto dos últimos pleitos. A abstenção subiu 7,59 pontos percentuais em relação a 2018, quando o TSE registrou 23,7% de falta, e 9,59 em relação a 2014, quando 21,7% dos eleitores deixaram de votar.

Conforme o chefe do cartório de Tatuí, Rodrigo de Proença Soares, o número alto já era esperado. Ele classifica a falta dos eleitores, neste ano, como um reflexo dos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

Os votos em branco cresceram 1,11%. Em 2016, totalizaram 2.366(3,63% do comparecimento) e, em 2020, 2.852 (4,74% do contabilizado). Houve queda somente nos votos nulos, que passaram de 5.546 (8,5% do totalizado) para 4.368 (7,45%, do total referente ao ano).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome