Eleições 2020 ocorreram de forma tranquila, afirma Cartório Eleitoral

Não houve registro de crimes eleitorais ou substituição de urnas

139
Publicidade
Da reportagem

Realizadas no domingo passado, 15, as eleições municipais transcorreram bem e sem transtornos na 140ª Zona Eleitoral, conforme avaliação do chefe do cartório de Tatuí, Rodrigo de Proença Soares.

AO Progresso, em balanço sobre as eleições, ele destacou o número reduzido de notificações nas 319 seções eleitorais da jurisdição, formada pelos municípios de Capela do Alto, Tatuí, Guareí, Porangaba, Torre de Pedra.

Na área da 140ª Zona Eleitoral, não houve casos de pessoas detidas por propaganda irregular nem substituição de urnas. As únicas ocorrências que subiram neste ano, conforme Proença,foram as dos eleitores que procuraram o cartório para consultar os locais de votação.

A informação poderia ser consultada pelo aplicativo e-Título, versão digital do título de eleitor. A ferramenta, disponível gratuitamente para download, permite que o eleitor tenha acesso a dados como a zona eleitoral em que está inscrito e a seção onde vota, além de consultar se o título está regular ou cancelado.

Contudo, os eleitores preferiram ligar no Cartório Eleitoral para realizar a consulta. O órgão funcionou durante todo o dia, atendendo aos eleitores e fiscais dos partidos pelo telefone ou pela internet.

Publicidade

“Ainda não totalizamos, mas tivemos um número alto de consultas pelo telefone do cartório. Isso surpreendeu, pois, pelo que sentimos, a procura foi bem maior que nas eleições anteriores. Essa foi a maior demanda do dia das eleições deste ano”, informou o chefe do cartório local.

Para eleger os novos representantes dos Poderes Legislativo e Executivo, a cidade contou com 30 unidades escolares abertas no domingo. Os locais recebem 62.254 eleitores aptos a votar, distribuídos em 234 seções eleitorais.

Anteriormente, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) havia divulgado um número total de 242 urnas disponíveis para a cidade, em 30 unidades. Entretanto, no domingo, o Cartório Eleitoral disponibilizou 234 seções de votação em Tatuí.

“O número foi reduzido devido à quantidade de urnas disponíveis na jurisdição”, explicou Proença.

O chefe local afirmou que o plano de segurança sanitária, planejado em função da pandemia, foi cumprido em todas as seções da cidade. Ainda ressaltou não ter registrado incidentes durante o pleito e a colaboração dos eleitores.

Segundo Proença, as autoridades da Justiça Eleitoral comprovaram o cumprimento dos protocolos de prevenção da Covid-19 em todos os locais de votação.

“Todos estavam usando máscaras, mantendo o distanciamento, tudo conforme orientado pelo TSE. Então, gostaria de parabenizar os eleitores, que cumpriram com o dever de votar e também com o papel de cidadão nesta questão da pandemia”, enfatizou Soares.

O município representa o maior colégio da 140ª Zona Eleitoral. Atualmente, o número de eleitores aptos é de 90.608.

Proença lembra que o eleitor que não votou nem justificou no dia da eleição tem até o dia 14 de janeiro (60 dias após o pleito) para justificar a ausência às urnas.

O processo de justificativa pode ser feito pela internet. Basta entrar no sistema “Justifica”, no https://justifica.tse.jus.br/, preencher o requerimento e anexar documento que comprove o impedimento. A tramitação do pedido pode ser acompanhada pelo próprio sistema.

Caso o eleitor não justifique no prazo ou a justificativa não seja aceita pelo juiz eleitoral, ele deverá pagar multa de R$3,51. Para isso, deverá gerar a guia de recolhimento da união (GRU) diretamente no site https://www.tse.jus.br/servicos-judiciais/mais-servicos/guia-de-recolhimento-da-uniao-gru  e realizar o pagamento no Banco do Brasil.

A GRU estará disponível a partir da reabertura do cadastro eleitoral, o que deve ocorrer em 9 de dezembro.

O voto é obrigatório dos 18 aos 69 anos, sendo facultativo dos 16 aos 18 anos incompletos, aos maiores de 70 anos e aos analfabetos.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome