Cultura ultima os detalhes para realização da 5ª ‘Feira do Doce’

Evento confirmado para julho terá mais de 250 tipos de doces à venda

389
Na 5ª Feira do Doce de Tatuí, conforme Prefeitura, serão comercializados mais de 250 tipos de doces
Publicidade

Por meio de reunião realizada no dia 13 deste mês, a Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude ultimou os detalhes para a realização da quinta edição da Feira do Doce. No encontro, houve a confirmação da realização do evento para os dias 21, 22 e 23 de julho, na Praça da Matriz.

Na sede da secretaria, os membros da pasta e representantes da Aprodoce (Associação dos Produtores de Doce de Tatuí) discutiram detalhes do evento. A feira tem como objetivos fomentar o empreendedorismo dos produtores de doce e promover turisticamente o município como a “Terra dos Doces”.

Ao disponibilizar “todas as variedades de doces da cidade em um único evento”, a Prefeitura destacou, por meio de nota enviada pela assessoria de imprensa, que movimentando o fluxo turístico e trazendo mais divisas para o município.

De acordo com a Prefeitura, a Feira do Doce de Tatuí é o maior evento deste segmento do interior paulista. Neste ano, serão comercializados mais de 250 tipos de doces, divididos em alas temáticas, tais como: doces finos, doces tradicionais e artesanais, doces de festa e sobremesas, churros, crepes e pastéis; produtos de milho, bolos e tortas, chocolates, bebidas e brigadeiros gourmet.

Em 2016, o evento contou com um público de aproximadamente 80 mil pessoas na soma dos três dias. A feira atraiu não apenas os consumidores habituais, mas, principalmente, novos clientes, incrementando o comércio e a renda dos produtores de doces da cidade.

Publicidade

Foram mais de 36 horas de programação musical e, conforme pesquisa feita com os expositores participantes, houve venda de mais de 168 mil unidades de doces.

O evento ganhou visibilidade já na sua primeira edição, sendo reconhecida nacionalmente pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e incluída no Calendário Turístico do Estado de São Paulo por meio da lei 15.844/2015.

Nas edições anteriores, o evento tinha como nome “Festa do Doce”. Neste ano, a Prefeitura adotou a nomenclatura “Feira do Doce” para enfatizar ainda mais o caráter empreendedor dos produtores de doce, sendo este o principal foco.

Publicidade