Coro do Conservatório de Tatuí faz 2 concertos gratuitos nesta semana

Grupo se apresenta quinta, no “Procópio Ferreira”, e sábado, na Matriz

201
Coro do Conservatório de Tatuí, formado por alunos e professores-monitores (foto: AI Conservatório)
Publicidade

O Coro do Conservatório de Tatuí fará dois concertos gratuitos nesta semana. O grupo sobe ao palco do teatro “Procópio Ferreira” nesta quinta-feira, 12, às 20h, e reapresenta o repertório no sábado, 14, às 11h, na Praça da Matriz, pelo Projeto Música na Praça.

De acordo com o regente convidado para comandar o grupo, Marcos Baldini, “o Coro prepara um repertório bem variado, para mostrar a diversidade de acervo coral”, que traz desde músicas sacras até clássicos da música popular brasileira.

“O repertório coral é um importante instrumento artístico-pedagógico, que permite ao público em geral ter acesso às mais ricas obras construídas para este tipo de formação vocal, contribuindo consideravelmente na formação e firmação cultural do ser”, comenta.

O programa terá “El Grillo è Buon Cantore” (Josquin Des Près), “So Ben mi Ch’a Bon Tempo” (Orazio Vecchio), “Lua, Lua, Lua, Lua” e “Alguém Cantando” (Caetano Veloso), “Cantadeira” (Antonio Vaz), “Passaredo” (Francis Hime e Chico Buarque), “Psalm 150” (Ernani Aguiar), “Ave Maria” (Tanguy Dionis du Séjour), “Domini Fili Unigenite, Gloria – KV 589” (Antonio Vivaldi), “Ubi Caritas” (Ola Gjelo), “Jubilate Deo” (Jay Althouse), “Alleluia” (Ralph Manuel) e “Fell good” (L. Craig Tyson e Leonard Scott).

Criado em 1988, o Coro do Conservatório de Tatuí é formado por alunos e professores-monitores da instituição. Ao longo de sua trajetória, tem realizado apresentações importantes de repertório a capella, música brasileira, repertório sinfônico e óperas. É o único bicampeão do Mapa Cultural Paulista – tendo vencido as edições de 2001/2002 e 2007/2008.

Publicidade

Baldini iniciou os estudos de canto erudito no Conservatório de Tatuí, sob orientação da professora Angelina Colombo Ragazzi, sendo o primeiro sopranista a ingressar no curso de canto da instituição.

Dentre seus mestres de canto e interpretação da música barroca, destacam-se os professores Marius van Altena (Holanda), Jordi Savall (Espanha), Julia Gooding (Inglaterra), Pedro Couri Neto (MG) e Nicolau de Figueiredo (Schola Cantorum Basiliensi – Basiléia – Suíça), o qual o classificou como um “legítimo cantor soprano masculino”.

Paralelamente, desenvolveu aprimoramento técnico com a professora-doutora Mariana Cioromila (Romênia). Em 2006, ganhou o primeiro lugar no II Concurso de Canto, realizado pelo Conservatório de Tatuí.

Também ganhou o prêmio de “melhor intérprete de música brasileira”, tendo como júri nomes renomados do cenário musical brasileiro, como a professora-doutora Ângela Barra e os compositores Sérgio de Vasconcellos-Corrêa e Edmundo Villani-Côrtes.

É formado em licenciatura em música pela Universidade Metropolitana de Santos, com pós-graduação em docência no ensino superior. Também é formado em canto lírico e regência coral pelo Conservatório de Tatuí.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome