Conservatório realiza recitais de guitarra e piano nesta quarta e quinta

210
Felipe de Souza, ex-aluno do Conservatório, que faz especialização na Alemanha (foto: AI Conservatório)
Publicidade

O Conservatório de Tatuí promove nesta semana dois recitais gratuitos. Nesta quarta-feira, 21, o estudante Rafael Bazzanella faz recital de formatura do curso de guitarra MPB/jazz.

No dia seguinte, a instituição recebe o pianista Felipe de Souza, ex-aluno do Conservatório, que atualmente cursa especialização na Alemanha. Ambos se apresentam no Salão “Villa-Lobos”, às 19h, com entrada gratuita.

Bazzanella nasceu em Campinas (1992), começou a estudar guitarra aos 15 anos e formou-se no curso de guitarra da EM&T. Aos 19 anos, passou a fazer aulas particulares e atuar em bandas dessa cidade.

Nessa época, gravou um disco e dois EPs com a banda Blue Barrel. Em 2013, iniciou o curso no Conservatório de Tatuí, que conclui agora.

O estudante Rafael Bazzanella (foto: AI Conservatório)

Na quinta-feira, 22, o CDMCC recebe a visita de Souza. De passagem pela região, ele apresentará um recital com várias obras. Ele nasceu em Sorocaba (1995) e iniciou o curso de piano clássico no Conservatório de Tatuí aos 11 anos, com a professora Cristiane Bloes.

Publicidade

Em seguida, cursou o bacharelado em música com Ney Fialkow, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde recebeu, também, a láurea acadêmica. Atualmente, faz especialização com Fany Solter na Escola Superior de Música de Karlsruhe (Alemanha), onde também obteve o diploma de mestrado em música.

Premiado em concursos nacionais e internacionais e com frequentes atuações em recitais e concertos em diversos países, Souza “é um dos nomes de destaque de sua geração”, conforme a assessoria de comunicação do CDMCC.

Entre suas atuações marcantes, destacam-se solos com a Orquestra Sinfônica de Sorocaba e com a Orquestra Sinfônica de Tatuí. Recebeu o segundo prêmio no Tadini International Piano Competition (Itália) e os primeiros prêmios nos concursos Edna Bassetti Habith (Curitiba), Souza Lima (São Paulo) e Spartaco Rossi (Tatuí).

Entre concursos e festivais, apresentou-se na França, Hungria, Áustria e Itália. Tem interesse especial pela música da “Primeira Escola de Viena” e pela música francesa dos séculos 19 e 20.

Publicidade