Com máscaras e de forma individual, atletas participam de corrida virtual

Corredores puderam percorrer trajeto desejado durante o final de semana

294
Publicidade
Da redação

No fim de semana anterior, corredores tatuianos puderam “matar a saudade” de competições ainda durante a quarentena. Iniciativa entre a equipe Contra Tempo Running e a Go Desafios, a 1ª Run Virtual Tatuí teve a participação de dezenas de atletas.

A prova virtual realizou disputas em distâncias de 5 km, 10 km e 15 km. Conforme a disponibilidade, o participante pôde percorrer a distância escolhida a partir das 7h de sábado, 27 de junho, até às 19h do dia seguinte.

O evento foi organizado exclusivamente aos corredores tatuianos. O competidor pôde escolher o local no qual percorreria a quilometragem selecionada, desde que fosse no município. A comprovação da corrida teve de ser feita através de aplicativos de celular ou relógios que registram a atividade física.

Ao todo, 42 atletas percorreram o trajeto escolhido e validaram a realização dentro do prazo estipulado pelos organizadores. Dez corredores participaram da disputa de 5.000 metros, 22 atletas competiram na distância de 10 km e 12 correram 15 km.

Os organizadores disponibilizaram a classificação geral, contudo, por ser uma prova de percurso livre, não houve premiação com troféus aos primeiros colocados. Todos os participantes que concluíram a quilometragem escolhida dentro do prazo estipulado receberam medalhas.

Publicidade

Na disputa de 5 km, os primeiros colocados por modalidade, masculina e feminina, em cada categoria por faixa etária, foram: Júlio Queiroz e Giovanna Mambro, até 22 anos; Damião Ferreira e Tamara Nolasco, de 23 a 35 anos; Wagner Nascimento e Beatriz Rodrigues da Silva Cardoso, de 36 a 45 anos; e Leila Coelho, de 46 a 55 anos.

No percurso de 10 km, os homens e mulheres que tiveram o melhor tempo foram: Gabriel Carriel e Carolina Balarin Motta, na categoria de 23 a 35 anos; Fábio Rossi e Luciana Ribeiro da Silva, de 36 a 45 anos; Mara Orsi, de 46 a 55 anos; e Ana Cheque, acima de 56 anos.

E na prova de 15 km, os atletas mais bem classificados por categoria e modalidade foram: Augusto Miranda Hessel, de 23 anos a 35 anos; Diogo Gil e Fernanda Regina Fragoso, de 36 a 45 anos; Edicléia Mora de Araújo, de 46 a 55 anos; e Maria José Mendes, acima de 56 anos.

O educador físico Diogo Gil, orientador da equipe Contra Tempo Running, informou que a intenção do evento não era provocar aglomerações. Para isso, os organizadores decidiram não estabelecer um percurso, e, desta forma, os competidores realizaram a prova sozinhos. “Eles correram utilizando máscaras e individualmente, para não gerar aglomerações”, reforçou.

Gil aponta que o evento alcançou a expectativa. Segundo ele, por ser a primeira edição da corrida virtual, era aguardada uma pequena participação, mas frisa a importância de testar o novo modelo.

Apesar do resultado satisfatório, o educador físico revela torcer para que, em breve, possa voltar a promover e participar de corridas “reais”. “Esperamos, com muita ansiedade, a volta das corridas presenciais e com aglomeração. Elas têm outra energia, e é muito importante ter a presença de todos juntos o quanto antes”, completou Gil.

Publicidade