Cidade terá nova etapa do ‘Asfalto Novo’

    Segunda fase do programa de infraestrutura inclui recapeamento em mais oito ruas

    226
    Vice-prefeito Luiz Paulo Ribeiro da Silva fala sobre o programa de mobilidade urbana (foto: AI Prefeitura)
    Publicidade
    EleService institucional
    Siltec
    Alessandra Bonilha, dra

    A prefeitura anunciou novo pacote de obras, incluindo o recapeamento de oito vias públicas. Os serviços fazem parte da nova etapa do programa “Asfalto Novo”, com investimento de R$ 965 mil.

    Conforme a prefeitura, o recurso é fruto de emenda parlamentar do deputado federal Samuel Moreira (PSDB). O projeto de lei de abertura de crédito adicional para o recapeamento foi analisado e aprovado pela Câmara Municipal na segunda-feira, 5.

    A O Progresso, quarta-feira, 7, o vice-prefeito Luiz Paulo Ribeiro da Silva afirmou que, com a aprovação do projeto de lei, a prefeitura deverá licitar as obras na sequência.

    “A Câmara já aprovou o projeto; agora, dependemos da liberação da licitação, que é feita pela Caixa Econômica Federal. Depois desse processo é que daremos início às obras”, afirmou Luiz Paulo.

    Conforme o vice-prefeito, a conclusão do processo de liberação do recurso e da licitação até o início das obras deve levar, aproximadamente, 60 dias.

    Publicidade
    Siltec
    Alessandra Bonilha, dra
    EleService institucional

    As novas ruas a receberem asfalto novo são: Oscar Chagas, na vila Angélica; Major Martiniano Soares, na vila Dr. Laurindo; Paulo Sílvio Azevedo, na vila Esperança; Quintino Bocaiuva, no centro; José Antonio de Souza, na vila São Lázaro; e Olinda Leite Sinisgalli, Laudelino Amaral Campos e José Ribeiro de Menezes, na vila Menezes.

    Luiz Paulo destacou que as oito ruas foram selecionadas por prioridade. “Todas as ruas principais e avenidas arteriais já foram recapeadas, e agora estamos entrando nos bairros e vendo quais as ruas que mais necessitam de manutenção”, contou.

    Conforme o vice-prefeito, ainda existe possibilidade de novas vias serem incluídas no programa de infraestrutura. Contudo, ele não deu previsão para o início da nova fase de recapeamentos.

    “Estamos lutando para isso, já temos um estudo com todas as vias que precisam de manutenção e recapeamento, mas precisamos de recursos para poder finalizar. Estamos buscando verbas”, completou.

    O vice-prefeito ressaltou que, com este novo pacote de obras, a prefeitura soma mais de 50 vias recapeadas. Pelo menos 30 ruas estavam incluídas no programa “Asfalto Novo”, na etapa lançada em dezembro de 2018.

    Na ocasião, as obras foram possibilitadas pela liberação de recurso de R$ 10 milhões ao município. O dinheiro é proveniente de linha de crédito do programa Pró-Transporte, uma ação do Ministério das Cidades, executada por meio da Caixa Econômica Federal com a Agência Desenvolve SP, do governo do estado.

    Os serviços da primeira fase foram divididos em quatro lotes, para serem executados pelas empresas JPMIG Construtora Eirele, Júlio & Júlio, Vanguarda Construtora e Serviços de Construção Viária e Construtora Madri.

    A maioria das obras já foi finalizada. Segundo Luiz Paulo, resta apenas o último lote, que soma R$ 2.774.991,88 e prevê a duplicação de um novo trecho da marginal do Manduca, com pavimento novo, pista de caminhada, guias e sarjetas. A empresa responsável é a construtora Madri.

    A revitalização da marginal foi iniciada no dia 23 de julho, em uma extensão de 1.296 metros, a partir da ponte do Jardim Colina Verde (rotatória das ruas Rotary Clube com Caridade Terceira). A previsão de finalização para o trecho é de 60 dias.

    A duplicação completa da marginal ainda deve ter mais uma fase no trecho que passa em frente ao Sesi. Contudo, a prefeitura aguarda a resolução de um processo jurídico para o início das obras.

    Luiz Paulo lembrou que os serviços de recapeamento começaram, “de forma mais expressiva”, com um recurso de quase R$ 2 milhões, destinados também pelo deputado federal Samuel Moreira, em 2018. Na época, 11 vias receberam o serviço.

    O pacote contemplou as avenidas Zilah de Aquino (Valinho), Cientista José Barros Magaldi (Jardim Lucila), Monsenhor Silvestre Murari (vila Dr. Laurindo) e São Carlos (trecho ao lado do CAT-Sesi).

    Também entram no lote de obras as ruas Benedito Faustino da Rosa (Jardim Planalto), Antonio Henrique da Silva (vila Esperança), Manoel Luís da Silva Sá (vila Paulina), Caridade III (Cecap/vila Dr. Laurindo), Rotary Club e alameda Dilermando Reis (Nova Tatuí),

    “Também tivemos diversas ruas recapeadas com emendas de outros deputados – que também são parceiros do município – e outras tantas ruas pavimentadas e revitalizadas com recursos próprios”, declarou o vice-prefeito.

    Tapa-buracos

    A administração também iniciou, pela Secretaria de Obras e Infraestrutura, uma nova frente de trabalho da operação tapa-buracos. Nos últimos dias, os serviços foram realizados na rua Dalmácio Azevedo, no Parque Santa Maria.

    O recurso – de aproximadamente R$ 50 mil – veio de uma emenda do então deputado estadual Chico Sardelli (PV), solicitada pelos vereadores João Éder Alves Miguel e Jairo Martins.

    “Essas obras vão ajudar muito na melhoria da mobilidade urbana. Os serviços vão dar outra impressão para a cidade, mostrando que ela está bem cuidada. Já o paisagismo e as pinturas de solo, também vão ajudar a evitar acidentes e outros problemas. Então, são obras necessárias e muito importantes para o município”, concluiu.

    Publicidade
    Alessandra Bonilha, dra
    Siltec
    EleService institucional

    DEIXE UMA RESPOSTA

    entre com sua mensagem
    entre com seu nome