Cia. de dança terá testes e novidades a partir de 2019

Agenda inicia em janeiro; meta é continuar performáticos

2039
'Bordel El Cabaret', um dos espetáculos apresentados em 2018 (foto: divulgação)
Publicidade
Fabio Villa Nova
Antuerpia

A Companhia de Performances ST DNC promete novas propostas de cultura urbana jovem para 2019. O grupo deverá retornar de férias já no mês que vem, em janeiro. A meta é dar continuidade a dois espetáculos performáticos.

De acordo com a direção da companhia, exatamente 8.050 pessoas assistiram a “IN-Sano” e “Bordel El Cabaret”. Os espetáculos foram apresentados no CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados) “Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires”, em Tatuí, e em outras três cidades: Cerquilho, Pilar do Sul e Itapetininga.

A ideia do grupo é continuar projetos que abordem temas relacionados à violência e ao feminismo. Os espetáculos anteriores, nessa linha, proporcionaram estudos, trabalho corporal e cênico com jovens que participam da iniciativa. Os integrantes da companhia pertencem a várias comunidades.

Em 2019, a primeira atividade do grupo será os testes para novos integrantes. As audições estão programadas para acontecerem em janeiro, para selecionar “jovens que queiram aprender a dançar, nas modalidades de danças urbanas e performáticas e com foco em jogos teatrais”.

Os aprovados serão imediata e oficialmente integrados na ST DNC. A companhia realiza ensaios aos sábados, das 14h às 17h, no CEU das Artes. O espaço está localizado na rua Ana Rosa Monteiro, 475, no bairro Boqueirão.

Publicidade
Antuerpia
Fabio Villa Nova

Para o ano que vem, o grupo também planeja realizar a quarta edição do #MOVIMENTA. A companhia prevê desenvolver a ação no primeiro semestre. Trata-se de um festival de movimentos urbanos, na Praça da Matriz. A iniciativa deverá fazer parte da programação cultural da cidade.

Outra proposta é a montagem de novo espetáculo performático, o quinto em quatro anos de trabalho voluntário da companhia junto à comunidade jovem urbana do CEU das Artes. A proposta segue a mesma das ações anteriores, a de somar conhecimentos, novas experiências culturais e entretenimento.

“O projeto ainda está em processo inicial, através de pesquisas e criação temática, pensando na política dos direitos humanos, na cultura pop e no público-alvo que frequenta os seus espetáculos e eventos”, diz a companhia, em nota à imprensa.

Desde que começou os trabalhos, a ST DNC se apresentou para 34.110 pessoas. Em 2019, a equipe pretende aumentar esse número, produzindo eventos culturais e espetáculos artísticos. Os trabalhos deverão integrar festivais e mostras de dança e teatro, com objetivo de promover a troca de experiências.

O grupo também quer participar de oficinas e workshops, de modo a obter qualificação e “fomentar a cultura na cidade de Tatuí e pela região”.

Publicidade
Antuerpia
Fabio Villa Nova