CEU das Artes oferece aulas de teatro para maiores de 11 anos

Gratuitas, inscrições devem ser feitas na biblioteca da instituição

870
Aulas com o professor Cláudio Teles acontecem todas as segundas-feiras (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Antuerpia
Fabio Villa Nova

O Centro de Artes e Esportes Unificados “Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires” (CEU das Artes), equipamento da prefeitura, está oferecendo aulas gratuitas de teatro com o professor Cláudio Teles.

As aulas acontecem todas as segundas-feiras, das 14h às 15h30, para crianças de 11 a 13 anos, e das 15h30 às 17h, para jovens de 14 a 16 anos. Para pessoas com idade acima de 16 anos, as aulas são aos domingos, das 15h às 17h.

As inscrições devem ser feitas na biblioteca da Praça CEU das Artes, de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 18h, mediante o preenchimento uma ficha. Menores de idade devem estar acompanhados dos pais ou por algum responsável. No momento da inscrição, é necessário ter o RG.

O CEU das Artes está localizado na rua Ana Rosa Monteiro, 475, no Jardim Santa Helena. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (15) 3259-5340.

Claudio Teles iniciou os estudos nas artes cênicas em 2006, no projeto “Pensando na Criança”, do Conservatório de Tatuí, que levava o ensino de teatro às escolas.

Publicidade
Fabio Villa Nova
Antuerpia

Em 2010, ingressou no curso de teatro juvenil pelo Setor de Artes Cênicas do Conservatório de Tatuí, onde se formou em 2012. Nessa mesma instituição, concluiu o curso de formação de atores (teatro adulto).

Participou de diversas oficinas no Conservatório, entre elas: “Teatro de Rua”, com o ator e diretor Fabio Resende; “Clown”, com a atriz Cida Almeida; e “Humor”, com a atriz Suzana Aragão.

Atuou em várias peças teatrais, como: “O Patinho Feio”, “Sabe-Tudo e o Espião”, “O Casamento de Dona Baratinha”, com direção de Fernanda Mendes; “1,2,3 Quando Tudo Acaba Começa Tudo Outra Vez”, com direção de Marcos Caresia e Fernanda Mendes; “Anabela Procura e Acha Mais do que Procura”, com direção de Érica Pedro e Adriana Afonso; “Lampião e Maria Bonita no Reino Divino”, com direção de Dalila Ribeiro e Hugo Munnerato; “Teatro de Improviso”, com direção de Carlos Ribeiro; “Pipocas de Papiro”, com direção de Érica Pedro e Adriana Afonso; “Esse Trem Chamado Desejo”, com direção de André Luiz Camargo; “Paixão de Cristo”, com direção de Sofia Morás; “Rasga Coração”, da Cia. Exodus Art’s, com direção de Beatriz Prado; “Quem Matou o Leão?”, “Dois Corações e Quatro Segredos”, “O Menino que Virou História” e “A Gata Borralheira”, com direção de Dalila Ribeiro; “Devaneios Poéticos em Cenas de Agreste” e “A Vida É Sonho”, com direção de Rose Tureck; “A Justa Medida do Tempo”, com direção de João Fabbro; “Bestialógicos Humanos”, “Anexins”, e “Era uma Vez um Pangaré”, com direção da Cia. Teatral Exodus Art’s; além de ter participado de vários trabalhos de animação com a Cia. Exodus Art’s.

Atualmente, é integrante da Cia. Exodus Art’s e está cursando o sétimo semestre do curso de Rádio, TV e internet no Ceunsp.

Publicidade
Fabio Villa Nova
Antuerpia

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome