Carreta educativa da Sabesp passará por Tatuí­ nesta sexta

581
Publicidade





A carreta “Somos Água” estará aberta à visitação nesta sexta-feira, 25, na praça “Paulo Setúbal” (Barão). Trata-se de um projeto educativo e itinerante da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) que ensina a importância da água e mostra seu ciclo na natureza até chegar às torneiras.

A visitação é gratuita. Os interessados poderão conhecer, com a ajuda de tecnologia, todo o processo de produção de água potável. Também como é realizado o processo de coleta e tratamento dos esgotos.

O espaço traz, ainda, informações sobre a importância do uso racional da água e da preservação do meio ambiente. O objetivo é educar e conscientizar a população.

De acordo com a companhia, o projeto recebeu mais de 10 mil visitantes desde que começou. A carreta percorrerá vários municípios de São Paulo, estando aberta à visitação de alunos de escolas públicas e privadas, além do público em geral.

Publicidade

Para levar conhecimento a crianças, jovens e adultos de todas as idades, o espaço móvel da companhia de saneamento, promete “verdadeira imersão visual e auditiva”. O espaço tem mais de 15 metros de comprimento e 6 metros de largura.

O público é convidado a fazer um passeio no interior do veículo. As pessoas passam por diferentes pontos de parada, cada um tratando de tema relacionado à água. Tudo guiado por monitores treinados, que esclarecem as dúvidas.

A jornada começa com a visita a um cinema “360 graus”, formado por três painéis de LEDs. A sessão traz explicações a respeito do percurso da água desde sua formação, por meio das chuvas, até a captação e encaminhamento para as estações de tratamento, chegando, por fim, às casas dos clientes.

Após a exibição, o público verá uma reprodução em pequena escala de laboratório de análise de água da Sabesp. Por meio desse recurso, os monitores darão explicações de como é feito o controle da qualidade da água fornecida pela companhia.

Também nesta etapa, o público conhecerá os diversos tipos de fraudes em hidrômetros e aprenderá que furto de água é crime, que penaliza a população, estimula o desperdício e pode ser denunciado por qualquer cidadão.

Os casos são comunicados à central de atendimento (195), ou via Disque-Denúncia (181), da Secretaria da Segurança Pública do governo do Estado de São Paulo.

No fim do percurso, crianças e adultos têm a chance de brincar e aprender com os jogos interativos montados no interior da carreta. Os visitantes são convidados a caçar fraudes e tentar conectar corretamente ligações subterrâneas de água, águas pluviais e esgotos.

Para completar, óculos de realidade virtual serão entregues aos participantes. Com eles, será possível conhecer os mananciais da Sabesp e até participar de uma atividade lúdica para vivenciar a limpeza de uma caixa d’água.


Publicidade