Calhas Alpha/Tubarão garante bi e hegemonia da ‘1ª divisão tatuiana’

Luciano Bocão marcou o tento que deu o 2ª título da equipe no Amador

371
Após vitória pelo placar de 1 a 0, Calhas Alpha/Tubarão conquista o bicampeonato do Amador (Foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Da redação

O Calhas Alpha/Tubarão garantiu a hegemonia na “primeira divisão do futebol de campo” de Tatuí. No domingo, 15, o estádio “Lupércio Bernardes”, o “Itatibão”, do Clube de Campo, sediou a decisão do 2º Campeonato Amador Municipal, que terminou com a conquista do segundo título da equipe.

Para confirmar o bicampeonato, a agremiação enfrentou o Bola Mais Um, atual detentor do título do Campeonato Municipal Varzeano, na final do Amador. A equipe venceu a partida pelo placar mínimo de 1 a 0.

Aos 16 minutos da segunda etapa, o Calhas Alpha/Tubarão cobrou falta no lado direito do ataque. O goleiro do Bola Mais Um, Charles Gomes, socou a bola para tentar afastar o perigo, mas, na entrada da área, Luciano Bocão cabeceou por cima do arqueiro rival para marcar o gol que garantiu a taça.

Após a decisão, o Departamento Municipal de Esporte, da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, premiou os jogadores Felipe Burani, do time campeão, e Marcos Fabrício, do Tóquio, como artilheiros, com três gols marcados. Arqueiro da equipe vice-campeã, Charles Gomes foi eleito o melhor goleiro do certame.

A segunda edição do Amador teve a participação de 12 equipes e 265 jogadores inscritos. A bola rolou em 16 partidas e 44 gols foram anotados, uma média de 2,75 tentos por confronto.

Publicidade

Antes de chegar novamente à decisão, o Calhas Alpha/Tubarão estreou goleando o Tóquio, por 5 a 1. Na primeira fase, ainda derrotou o Independente, por 2 a 1. Porém, na última partida, pelo grupo B, foi goleado justamente pelo Bola Mais Um, por 4 a 1.

Com esses resultados na fase inicial, o grupo B terminou com o Bola Mais Um, a Calhas Alpha/Tubarão e o Tóquio avançando à etapa seguinte, com seis pontos, resultado de duas vitórias e um revés em três jogos.

Na segunda fase, integrando o grupo C, o Calhas Alpha superou novamente o Tóquio, dessa vez por 3 a 0. O confronto seguinte não aconteceu, pois o Celso Lanches compareceu para a partida com apenas seis atletas, e os organizadores consideraram “WO”. Com a liderança do grupo, a agremiação garantiu a vaga na decisão.

O DME convidou Dermival Benedito Gomes, árbitro principal da Federação Paulista de Futebol, para apitar a final do 2º Campeonato Municipal Amador. Hugo André Miguel e Mário Luís de Almeida completaram o trio de arbitragem. Eles foram responsáveis por arbitrar todas as partidas da competição.

Conforme nota do DME enviada à imprensa, a partida decisiva contou com a participação de sete gandulas e foi prestigiada por cerca de mil pessoas no estádio Itatibão.

Publicidade