Briga em restaurante de posto acaba com tiros e homem ferido

427
Publicidade





Um homem de 33 anos sofreu tentativa de assassinato em um restaurante de posto de combustíveis, no Parque Marajoara, na tarde de sábado, 11. A vítima foi atingida por disparos após suposto desentendimento. O suspeito está foragido.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima sofreu quatro perfurações no crânio, uma no abdômen, duas no dorso e uma na região cervical.

O homem foi atendido pela UR (unidade de resgate) do Corpo de Bombeiros e levado ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto”. Após os primeiros socorros, ele seria encaminhado ao Hospital Regional de Sorocaba. A informação não pôde ser confirmada pela reportagem.

Testemunhas afirmam que um homem entrou no estabelecimento realizando diversos disparos contra a vítima, que estava no balcão. Os dois chegaram a entrar em luta corporal.

Publicidade

Após efetuar os disparos, o suspeito saiu do estabelecimento e fugiu em um carro Volkswagen Polo Sedan de cor prata.

No local dos disparos, foram encontrados o revólver calibre 22 utilizado na tentativa de homicídio, com seis cápsulas deflagradas, um relógio de pulso, um colar, dois bonés e um botão de camisa que teriam caído durante a briga.

Agentes da Guarda Civil Municipal encontraram o veículo citado pelas testemunhas na rua Antônio Pereira Fiúza, na vila Esperança. Dentro do carro, havia documentos do suspeito, R$ 200 em dinheiro e um celular Nextel. O banco do motorista estava com sinais de sangue.

Pessoas que viram o suspeito abandonar o carro contaram às autoridades policiais que o homem seguira a pé até um bar na vila Angélica. O dono do estabelecimento afirmou que o suspeito, que é amigo dele, chegara até o bar “afoito” e pedindo o carro emprestado, por “ter feito besteira”.

O comerciante entregou as chaves de um automóvel Gol de cor branca. Ele disse às autoridades que o suspeito fugira para a cidade de Cesário Lange.

As testemunhas foram ouvidas por policiais civis. Membros do IC (Instituto de Criminalística) de Itapetininga inspecionaram o local dos disparos e o veículo do suspeito.


Publicidade