Bombeiros comemoram na quinta 15 anos de inauguração em Tatuí

    393
    Publicidade
    Alessandra Bonilha, dra
    Siltec

    Patrícia Milão

    Simulado de atendimento integrou formatura de alunos do curso mirim

     

    Quinta-feira, 8, o 2º Grupamento do Corpo de Bombeiros realizou solenidade em comemoração aos 15 anos de instalação na cidade e formatura da 26a turma do curso de bombeiros mirins.

    O evento também apresentou exposição fotográfica de Evandro Ananias, que há seis anos acompanha o trabalho do Corpo de Bombeiros. Cerca de 200 pessoas participaram da solenidade.

    Entre as autoridades, estiveram o prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu; o prefeito de Capela do Alto, Marcelo Soares da Silva; o prefeito de Cesário Lange, Ramiro de Campos; o prefeito de Quadra, Carlos Vieira de Andrade; e, representando Boituva, o diretor de cultura Rogério Vianna; o juiz de direito da Vara do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Tatuí, Marcelo Nalesso Salmaso; a juíza de direito da Comarca de Tietê, Renata Xavier da Silva Salmaso; o capitão Miguel Ângelo Campos; o coronel da Polícia Militar do Comando de Policiamento Metropolitano, Airton Alves da Silva; e o coronel reserva da PM Amauri Ferneda.

    Publicidade
    Siltec
    Alessandra Bonilha, dra

    O primeiro evento foi a formatura das 27 crianças participantes do curso de bombeiro mirim, que realizaram simulação de pedido de resgate e incêndio doméstico.

    “Eu admiro eles, por causa dos salvamentos, o combate a incêndio”, disse Isabela Maria Paes Santos, que participou da última edição.

    Todas as etapas foram abordadas na simulação, desde a ligação para a emergência (193), em que uma das alunas demonstrava como solicitar ajuda, passando as informações necessárias ao CB.

    “Aprendi que sempre tenho que pedir ajuda para algum companheiro ou adulto, ajudar quem está precisando e que não fazemos nada sem alguém do lado”, explica.

    Logo em seguida, a ambulância de resgate entrou no quartel e dois grupos de alunos saltaram para a prestação de socorro, com os procedimentos de imobilização e transporte das vítimas até o veículo.

    Após, uma segunda situação, de incêndio doméstico, foi mostrada pelos bombeiros mirins, que, com trajes apropriados de combate ao fogo, realizaram os procedimentos, inclusive, com mangueira.

    O curso foi realizado por duas semanas, com atividades trabalhando noções de primeiros-socorros, salvamento aquático, meio ambiente, trânsito, prevenção de sinistro, prevenção às drogas e cidadania. Os certificados e medalhas referentes à conclusão do curso foram entregues pelos pais dos participantes.

    “O costume de regras, atividades coletivas preservando a vida, atendimento de primeiros-socorros e incêndio”, destaca Cleber Sales, pai de um dos alunos, sobre os benefícios do curso.

    O projeto é realizado desde o primeiro ano de atuação do CB na cidade, nos meses de janeiro e julho. Nesta edição, atendeu crianças com 12 anos. As vagas foram preenchidas a partir de redação dos inscritos, na qual explicavam o motivo pelo qual gostariam de ser bombeiros mirins.

    Durante a solenidade, os representantes das instituições parceiras, como Brasil Foods, Bung Alimentos, Clube de Campo, Unimed, Set Car, Evandro Ananias Fotografia, PM Ambiental, Prefeitura, Canil da PM, Nexxus Eventos e Benedita Martins, foram chamados e receberam troféu de homenagem e comemoração ao aniversário do CB.

    O evento também homenageou oito oficiais aposentados, que receberam troféu de comemoração ao aniversário do CB.

    Foram eles, conforme divulgado pelo grupamento: coronel Amauri Ferneda, tenente Soeiro, tenente Pereira, tenente Mariano, subtenente Roberto Silva, sargento Lelis, sargento Carvalho, sargento Alberto e subtenente Roque.

    “Muitos deles já nos procuraram para saber se existe a possibilidade de voltarem. O telefone deles permanece na nossa agenda de ação-emergência. Mesmo aposentados, eles não perdem o reflexo de serem bombeiros”, disse o capitão Miguel Ângelo Campos.

    Inaugurado em 8 de agosto de 1998, o quartel registra mais de 40 mil ocorrências atendidas durante os 15 anos de atuação na cidade e região. Em 2012, foram 2.407 chamadas.

    O CB presta serviço de salvamento em estruturas elevadas, terrestre, aquático, veicular, mergulho, atividades educativas e vistoria técnica com o ideal de preservar a vida, o meio ambiente e patrimônio.

    No dia anterior à inauguração, o quartel de Tatuí atendeu à primeira ocorrência. Segundo relembrou coronel Alves, era um acidente envolvendo 11 caminhões e 4 carros, na rodovia Presidente Castello Branco (SP-280), próximo ao rio Sorocaba. Houve oito vítimas fatais, às 6h45, que foram se somando a partir de um nevoeiro naquele trecho.

    “Aquele momento fez a diferença para a sociedade sobre gerenciamento de crise. A importância das forças: o Corpo de Bombeiros, PM, PM Rodoviária, equipes da saúde, o pessoal da Torre de Vigia, que nos emprestou equipamento”, argumentou Alves.

    Ele lembrou que era necessário evitar o aumento do problema, já que o cenário do acidente propiciava que mais veículos pudessem se acidentar. O atendimento terminou às 3h. No dia seguinte, às 9h, haveria a solenidade de inauguração do quartel.

    “Se percebe a importância do serviço estar descentralizado. Se não tivesse o bombeiro aqui, teria que vir de Sorocaba, o CB mais próximo. Depois, surgiram várias cidades querendo ter o CB e, com o passar do tempo, vimos todo o crescimento da região”, avalia o coronel reserva Amauri Ferneda, que atuava no 15o Grupamento do CB, em Sorocaba, sobre a primeira ocorrência atendida pela cidade de Tatuí.

    Na ocasião, a promoção a major do capitão Campos, comandante interino do 15o CB em Sorocaba, também foi lembrada e deverá acontecer até o final do ano. Campos atuava na cidade como tenente na época da inauguração da unidade local.

    “Eu tive a possibilidade ímpar dentro do CB, que é ficar na mesma cidade por dez anos. Participei desde o início: a fundação, escolha do terreno, documentação e a ampliação do serviço em toda a região”.

    O capitão lembrou a instalação, no período dos últimos 15 anos, não somente em Tatuí, mas em Itapeva, São Roque, Tietê, Porto Feliz, Boituva, Itapetininga, Itararé, Capão Bonito, Apiai e Votorantim.

    O grupamento local, atualmente, conta com efetivo de 24 oficiais do Estado. Para a prestação de serviço, tem frota de 19 veículos, entre resgates, viatura autobomba com escada, caminhão autobomba, caminhão tanque, caminhonete e viaturas. As cidades atendidas são: Tatuí, Cesário Lange, Capela do Alto e Quadra.

    “Nós tivemos uma colaboração temporária dos agentes de trânsito. Infelizmente o Judiciário entendeu como desvio de função, e tivemos que devolvê-los à Prefeitura. Mas, dentro em breve, teremos aproximadamente mais 20. Está em andamento na Câmara”, afirmou o comandante do grupamento local, tenente Paulo Vinícius dos Reis.

    Publicidade
    Alessandra Bonilha, dra
    Siltec