Banda Sinfônica do Conservatório faz concerto gratuito nesta quinta

Apresentação contará com participação do trompista Rafael Proença

522
Concerto da Banda Sinfônica terá obras nacionais e internacionais (foto: AI Conservatório)
Publicidade
Da redação

O teatro “Procópio Ferreira” recebe nesta quinta-feira, 12, às 20h, a Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí em concerto com obras nacionais e internacionais e solos do trompista Rafael Proença, sob a batuta do regente convidado Marco Almeida Júnior. A entrada é gratuita e os ingressos já podem ser retirados na bilheteria do teatro, à rua São Bento, 415.

O repertório começa com “Eaglecrest Overture” (James Barnes) e “El Cachoncho” (Oscar Navarro).  Em seguida, o grupo apresenta “André de Sapato Novo” (André V. Corrêa), “Apanhei-te, Cavaquinho” (Ernesto Nazereth) e “Frevando Sem Parar” (Hudson Nogueira), todas com solos do trompista e professor Proença. Para encerrar, o programa terá “As a Wind from the North” (Robert Sheldon) e “Mambo Jambo” (Perez Prado).

Solista

Rafael Proença vem de família musical, iniciou os estudos aos cinco anos com o avô Francisco Pastori e o pai Valdomiro Proença. Aos nove anos, ingressou no curso de trompa do Conservatório de Tatuí, com o professor Joel Bernardes Pereira, formando-se em 1999, com o professor Luiz Garcia Junior.

É primeiro trompa e chefe de naipe da Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí, onde também atua como professor, na sede e no Polo de São José do Rio Pardo. Leciona também na Fundec (Sorocaba) e integra a Orquestra Sinfônica de Sorocaba, onde é primeiro trompa e coordenador de metais.

Publicidade

Tocou com renomados músicos, como Wagner Tiso, Toquinho, Elba Ramalho, Altamiro Carrilho, Dominguinhos, Agnaldo Rayol, Fred Mills, Roger Rocco, Dale Underwood, entre outros.

Participou de 14 CDs gravados pela Orquestra do Conservatório de Tatuí. Aperfeiçoou os estudos em trompa com Daniel Havens, Mário Rocha, Oséias Arantes, Edgar Baptista, Graziela Bortz e Luiz Garcia Junior.

Em 2005, concluiu o curso de musicalização para educadores pelo Conservatório de Tatuí e, no mesmo ano, concluiu o curso de psicomotricidade com a psicopedagoga Sandra Catell.

Regente convidado

Marco Almeida Júnior é bacharel em eufônio pela Faculdade Mozarteum, de São Paulo, e formado em regência pelo Conservatório de Tatuí. Iniciou os estudos aos dez anos com o pai.

Mais tarde, teve aulas com Wilson Dias e vários outros renomados professores, como Steven Mead, Adam Frey, David Childs, Rafael Mendes, Fernando Deddos e Henrique Crespo.

Participou como artista convidado de diversos festivais nacionais e internacionais. Atuou em diversas orquestras, como Sinfônica de Campinas, Sinfônica de Porto Alegre, Sinfônica da Unicamp, Sinfônica Municipal de São Paulo e Filarmônica de Minas Gerais, além da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo.

Também integrou o Sexteto Carlos Gomes, Quarteto Euphonismo e Quinteto Só Metal, entre outras atuações. É professor de eufônio e professor responsável pela Banda Sinfônica Infantojuvenil do Conservatório de Tatuí.

Publicidade