Ataques com armas brancas causam morte e ferimentos durante o Natal

DC registrou duas ocorrências com uso de facas no dia 25 de dezembro

87
Ocorrências foram atendidas pela Polícia Militar e registradas na Delegacia Central (Foto: Arquivo O Progresso)
Publicidade
Da redação

Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas em duas ocorrências no dia 25 de dezembro. Nos dois casos, ambos atendidos pela Polícia Militar, as três vítimas foram atingidas por golpes de faca.

A primeira ocorrência aconteceu durante a madrugada, por volta das 2h45, quando um homem de 56 anos e uma mulher de 38 foram feridos por arma branca, na rua Quintino Bocaiúva, na vila Juca Menezes.

Quando a PM chegou ao local, o casal já havia sido socorrido e encaminhado à UPA (unidade de pronto-atendimento). Entretanto, devido à gravidade das lesões sofridas, ambos foram transferidos ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto”.

Antes de ser encaminhado ao centro cirúrgico, segundo a PM, o homem informou que foraferido ao tentar defender a esposa, que está grávida, de golpes do ex-marido dela, que teria acabado de deixar a cadeia. Na sequência, o acusado teria fugido em direção ao bairro Rosa Garcia.

De acordo com o boletim, o delegado requisitou exame de corpo de delito indireto, e, em relação à mulher, o acusado deverá responder por tentativa de feminicídio.

Publicidade

A reportagem de O Progresso buscou apurar se o casal continuava internado ou havia recebido alta, mas não obteve resposta até o fechamento desta edição (terça-feira, às 18h).

A segunda ocorrência, registrada por volta das 7h, culminou na morte de Marcelo Clei Ferreira, de 42 anos, na avenida Vice-Prefeito Pompeo Reali. O homem foi encontrado caído, com possíveis ferimentos causados por golpes de arma branca.

Conforme a PM, Ferreira estava ao lado da motocicleta dele, local onde recebeu atendimento médico de uma equipe do Corpo de Bombeiros. A vítima foi levada ao OS na sequência, mas o óbito foi confirmado enquanto os policiais ainda registravam o boletim de ocorrência.

De acordo com a corporação, um policial foi informado, por um homem “embriagado”, de que, anteriormente, teria visto Ferreira agredir um senhor de idade com um capacete, próximo a um ponto de ônibus da avenida.

Após trabalho do SIG (Setor de Investigações Gerais) da PC, um segundo boletim sobre o caso foi registrado na DC, na tarde do dia 29 de dezembro, informando a detenção de um comerciante de 72 anos, suspeito do assassinato.

Segundo o documento, o acusado, acompanhado de advogado, compareceu à DC e confessou o crime, apresentando o canivete que utilizara no homicídio.

O objeto e a bainha foram apreendidos para a perícia técnica e ainda foi expedida a requisição para exame de corpo de delito do suspeito no IML (Instituto Médico Legal).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome