Ariston França duela com norte-americano ex-integrante do UFC

708
Tatuiano luta nesta quinta-feira, dia 7, nos Estados Unidos (foto: divulgação)
Publicidade
EMpresa Rosa

Há três meses nos Estados Unidos, o lutador de MMA (artes marciais mistas) Ariston França tem luta marcada para esta quinta-feira, 7. O tatuiano atua no evento “VFL”, em Dallas, no Texas.

O adversário de França é o norte-americano Aaron Philips. Ele possui cartel 14 lutas, tendo conquistado 11 vitórias e perdido em três oportunidades. Em 2014, Phillips foi contratado pelo UFC (Ultimate Fighting Championship), mas deixou a franquia após duas derrotas.

França está treinando na academia American Top Team – segundo ele, “a maior academia de MMA do mundo”. Lá, o tatuiano treina com brasileiros que têm contrato com o UFC, como Renan Barão, John Lineker, Marlon Moraes, Renato Moicano, Jussier Formiga e Cara de Sapato.

O tatuiano está treinando “sparing” com Freitas. O companheiro de treinamentos de França prepara-se para lutar contra o também brasileiro e ex-campeão do peso pena José Aldo. O confronto acontecerá no “UFC 245”, dia 14 de dezembro, em Las Vegas.

De acordo com França, na sexta-feira, 1o, Moraes foi avisado, por um treinador, de que precisava de um atleta com o perfil do tatuiano para a luta, marcada para somente seis dias depois. “Analisei a proposta e, como não sou de fugir de um combate, aceitei”, revelou França à reportagem de O Progresso.

Publicidade
EMpresa Rosa

Para ele, um convite “em cima da hora” para enfrentar um ex-lutador do UFC faz com que o desafio seja ainda maior. Contudo, França assegura estar “treinando com os melhores do mundo e na melhor fase da carreira”.

França conta que os treinamentos foram concluídos e, junto com os treinadores, está montando a estratégia para o combate. Nesta semana, o lutador está perdendo peso para a pesagem oficial antes do evento.

Quando recebeu o convite, França estava com 162 libras, e o combate foi fechado em peso combinado de 140 libras. Desta forma, o tatuiano, que estava pensando 73,5 quilos, precisa baixar para até 63,5 quilos até a véspera do VFL.

“As expectativas para a luta são as melhores possíveis. Estou muito confiante que essa luta me abrirá muitas portas”, completou França.

Após a luta, ele volta treinar para ajudar Moraes na disputa com José Aldo. O retorno a Tatuí está previsto para o dia 1º de dezembro, um domingo.

França possui cartel de 15 lutas no MMA profissional, com dez vitórias e cinco derrotas. A última foi pelo Titan FC 54, em Fort Lauderdale, na Flórida (Estados Unidos), quando disputou o cinturão da categoria pena (até 66 quilos), mas foi derrotado pelo americano Jason Soares.

A luta foi acompanhada pelo presidente do UFC, Dana White, e teve transmissão ao vivo pelo canal oficial da organização, o UFC Fight Pass.

Publicidade
EMpresa Rosa

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome