Após denúncia, PM prende servente com mais de 20 papelotes de ‘coca’

Acusado estaria vendendo drogas em um posto de combustíveis no Tóquio

958
Militares recolhem drogas e dinheiro na casa do acusado na vila Santa Adélia (foto: Divulgação PM)
Publicidade

Um servente de pedreiro de 28 anos, morador da vila Santa Adélia, foi preso na tarde de sábado, 8, acusado de tráfico de drogas. Durante a ação, a Polícia Militar apreendeu mais de 20 porções de cocaína “Aricanduva” e R$ 210 em dinheiro.

De acordo com a PM, uma equipe da Força Tática recebeu denúncia anônima informando que um jovem, usando camiseta vermelha, bermuda clara e boné, estaria vendendo drogas em um posto de combustíveis no Jardim Tóquio.

Os militares iniciaram as buscas e encontraram o suspeito. Ao avistar a viatura, o jovem teria acelerado o passo e arremessado algo dentro do pátio de uma igreja, contudo, foi alcançado e abordado.

Durante a revista pessoal, os agentes teriam encontrado uma porção de cocaína do tipo Aricanduva e R$ 10 em dinheiro. Ainda segundo a PM, no pacote dispensado, foram localizadas mais cinco porções da mesma substância.

Questionado, o jovem teria confessado que estava no local para vender drogas e ainda teria informado à equipe que havia mais porções guardadas na garagem da casa dele, na vila Santa Adélia.

Publicidade

Conforme a PM, no imóvel, foram localizadas mais 17 porções de cocaína e R$ 200 em notas. A droga estaria escondida dentro de um tênis na garagem na casa e o dinheiro, armazenado no quarto, em cima de uma cômoda.

O acusado, identificado como André Gustavo Freitas Soares, foi encaminhado à Delegacia Central, onde permaneceu à disposição da Justiça. Ele deve responder por tráfico de drogas.

Publicidade