América de 1970

5407
Arquivo Cláudio Aldecir
Publicidade

Chamou atenção o bom desempenho do América no Campeonato Carioca de 1970. No primeiro turno, denominado Taça Guanabara, foi vice, atrás do Fluminense, no segundo turno, a Taça Rio, ficou em terceiro, ao todo em 18 jogos, venceu 10, empatou 4 e teve 4 derrotas, por não ter em seu elenco grandes e badalados craques essa sua colocação foi festejada pelo americanos fanáticos e elogiada pela imprensa.

Edu irmão de Zico que ainda não tinha surgido no cenário futebolístico do país, era a estrela da companhia americana, mostrando grande desempenho e sendo o chamado astro da equipe.

Na foto vemos, em pé: Alex, Jonas, Sérgio, Renato (irmão do Amarildo dos anos 1960), Mareco e Zé Carlos (jogou no Santos com Pelé). Agachados: Tarciso, Badeco (campeão paulista em 1973 pela Portuguesa de Desportos), Jeremias, Edu e Sarão.

Era o início de carreira do atacante Tarciso, esse mineiro de São Geraldo, que em 1973 foi atuar no Grêmio para se tornar um dos 10 maiores artilheiros do tricolor, clube pelo qual foi campeão mundial interclubes em 1973, com passagens posteriores pelo Goiás, Cerro Porteño e Coritiba entre outros, recebeu o apelido de Flecha Negra pela velocidade com que vencia seus adversários.

Grande América, grandes craques, páginas bonitas da história do futebol.

Publicidade

NOTA: As fotos são do arquivo pessoal do autor, que data de 50 anos. Ele, como colecionador e historiador do futebol, mantém um acervo não somente de fotos, mas de figurinhas, álbuns, revistas, recortes e dados importantes e registros inéditos e curiosos do futebol, sem nenhuma relação como os sites que proliferam sobre o assunto na rede de computadores da atualidade

Publicidade