Academia da Saúde ‘Júlio Inácio Vila Nova’ é inaugurada pela prefeitura

Unidade no Santa Rita foi construída com recurso do Ministério da Saúde

412
Cerimônia contou com a presença da prefeita Maria José e familiares do homenageado (foto: Eduardo Domingues)
Publicidade

A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, inaugurou, na tarde desta sexta-feira, 6, a Academia da Saúde “Júlio Inácio Vila Nova”. A unidade é situada no Jardim Santa Rita de Cássia, à rua Artur Eugênio Santos, sem número.

O local foi construído com recurso de R$ 139 mil de um convênio entre a prefeitura e o Ministério da Saúde, por meio do programa ESF (Estratégia Saúde da Família).

A Academia da Saúde atuará vinculada à ESF “Roseli de Oliveira Camargo” e ao Nasf (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) do bairro, de segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 17h.

O cerimonial de inauguração teve a presença da prefeita Maria José Vieira de Camargo, de familiares de Vila Nova, membros do Lions Clube, secretários e diretores municipais, vereadores e populares.

De acordo com a secretária municipal da Saúde, Tirza Luiza de Melo Meira Martins, o local receberá uma equipe multiprofissional formada por enfermeiras especializadas na área de saúde pública, acupunturistas, assistente social, nutricionistas e educadora física.

Publicidade

A O Progresso, a titular da pasta reforçou que as atividades serão planejadas de acordo com a necessidade de cada um. Os exercícios terão apoio de uma educadora física, assim como os médicos auxiliarão no diagnóstico e tratamento dos pacientes.

“Serão realizados os exercícios adequados, conforme a patologia de cada paciente. Atuaremos na prevenção e promoção da saúde com prática dos exercícios para intervenção de possíveis complicações de doenças crônicas”, indicou Tirza.

Conforme Maria José, a Academia da Saúde “dará mais qualidade às atividades já desenvolvidas pela ESF do Jardim Santa Rita de Cássia”.

A prefeita apresentou números referentes a UBSs (unidades básicas de saúde) e ESFs neste ano. Segundo os dados, entre os meses de janeiro a julho, as UBSs realizaram mais de 65 mil atendimentos, entre consultas, fornecimento de remédios e serviços de enfermagem e de psicologia.

Ainda conforme os números, somente a ESF “Roseli de Oliveira Camargo” fez mais de 14 mil atendimentos no mês de agosto. Já no Pronto-Socorro “Erasmo Peixoto”, foram cerca de 4.000 na última quinzena e 9.000 no mês passado.

A prefeita citou três inaugurações recentes na Santa Casa de Misericórdia. Em maio, foram entregues a nova ala da pediatria “Bepe Vanni”, uma brinquedoteca e um novo lactário. Já em agosto, foram inaugurados o centro cirúrgico e a nova UTI (unidade de tratamento intensivo).

A finalização da UPA (unidade de pronto-atendimento) foi lembrada por Maria José. Conforme divulgado pelo Executivo, 85% das obras já estão concluídas e a unidade deve ser entregue até dezembro.

Conforme o secretário municipal das Obras e Infraestrutura, Marco Luís Rezende, falta apenas a conclusão de obras externas. Ele reforçou que o espaço interno está pronto e os equipamentos já foram adquiridos.

Para os próximos meses, deve haver a inauguração da ampliação da UBS do CDHU “Othoniel Cerqueira da Luz”. A obra, de 163 metros quadrados, tem investimento de R$ 217 mil – proveniente de recurso do MS – e contempla nova sala de vacinas, ampliação da recepção, sala para os agentes de saúde, vestiários e banheiros.

De acordo com Maria José, em breve, a CDHU irá receber a segunda Academia da Saúde do município e a ESF do Jardim Santa Rita de Cássia será ampliada.

A prefeita ainda informou que são gastos cerca de 32% do orçamento do município em saúde, algo em torno de R$ 100 milhões por ano.

Júlio Inácio Vila Nova

O empresário e farmacêutico Júlio Inácio Vila Nova faleceu no dia 27 de maio de 2016, aos 76 anos. Ele lecionou por mais de 30 anos em instituições de ensino, teve passagens pela política e tornou-se um dos mais antigos membros do Lions Clube do município.

No Lions, recebeu a comenda “Melvin Jones”, considerada “alto reconhecimento”. Também presidiu o clube na gestão 1966-1967.

Vila Nova se formou em farmácia pela USP (Universidade de São Paulo), trabalhando na Farmácia Nova por décadas. O empreendimento foi inaugurado pelo avô, Ignácio Vila Nova, no ano de 1915, completando 101 anos de atividade.

Lecionou biologia na Etec (Escola Técnica) “Salles Gomes”. Tornou-se vereador por três mandatos. Ocupou o cargo, pela primeira vez, em 1969, permanecendo até 1972, compondo assento na sexta legislatura. Voltou à Câmara na décima (de 1989 a 1992) e na 11ª legislatura (1993 a 1996).

De 1973 a 1976, ocupou o cargo de vice-prefeito, na gestão do também professor Paulo Assumpção Ribeiro (já falecido). Exerceu a titularidade da Secretaria Municipal da Saúde na administração do ex-prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo. Em 2012, concorreu a prefeito pelo PV (Partido Verde).

Em Tatuí, ele presidiu o antigo Alvorada Clube, no período da construção. Vila Nova foi um dos fundadores do MFC (Movimento Familiar Cristão) e fez parte do grupo de ministros da Eucaristia da Igreja Nossa Senhora da Conceição.

O farmacêutico era casado com Maria Eloísa Simões (Eloísa Vila Nova), deixando filhos e netos.

A homenagem a Vila Nova, dando nome à Academia da Saúde, deve-se ao projeto de lei 29/19, de autoria do vereador Alexandre Grandino Teles.

Durante o cerimonial de inauguração, Hélio Loretti, que esteve junto de Vila Nova no Tiro de Guerra, no MFC, no clube de serviços e na Secretaria Municipal da Saúde, leu trechos da música “Amigo”, de Roberto Carlos.

A filha e também farmacêutica, Juliana Maria Vila Nova Grando, agradeceu, em nome da família, as homenagens feitas ao pai.

Publicidade