6ª Copa Craque do Futuro teve mais de 250 tentos marcados em 85 jogos

Edição de 2018 da competição mirim reuniu 36 equipes em quatro categorias

1205
Bom de Bola aplicou 3 a 0 no time sub-13 do XI de Agosto (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Cheff 11
Paulo Motos
EMpresa Rosa

Promovida pelo Departamento de Esportes, da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, a 6a Copa Craque do Futuro foi encerrada no início de dezembro.

A competição teve 85 jogos disputados com 258 gols marcados. Estiveram representadas, além de Tatuí, as cidades de Boituva, Iperó e Itapetininga.

As equipes Santa Rita, XI de Agosto, Bom de Bola, George Oetterer, Clínica Futebol Boituva, Clube de Campo, Jardim Lírio, São Martinho, Boituva, Resgate, Santa Cruz e Sesi competiram nas categorias sub-11, 13, 15 e 17. A organização contabilizou total de 36 times e 790 jovens jogadores.

A competição mirim realizou, no sábado, 1º as decisões das quatro categorias no estádio “Itatibão”, do Clube de Campo. Os donos da casa e equipes do Bom de Bola estavam em três finais.

Com certo atraso e algumas modificações de ordem dos jogos, a primeira finalíssima disputada foi pela categoria sub-15, justamente entre Clube de Campo e Bom de Bola.

Publicidade
Paulo Motos
Cheff 11
EMpresa Rosa

Nicola e Pedro abriram a vantagem de 2 a 0; Carlos ainda descontou para os mandantes, mas não foi suficiente para impedir o primeiro título do Bom de Bola na data.

Guilherme, da equipe campeã, foi eleito o melhor goleiro da sub-15 e o companheiro Nicola, o destaque da decisão. Enquanto Pedro, também do Bom de Bola, e Pini, do Clube de Campo, encerraram a competição como artilheiros da categoria, com cinco gols cada.

Bom de Bola também conquistou a categoria sub-17, após vitória contra o Clube de Campo (foto: AI Prefeitura)

Na sequência, o Bom de Bola garantiu mais um título, dessa vez da sub-13. Diante do XI de Agosto, Maycon, duas vezes, e Ramon, foram os responsáveis pelo placar de 3 a 0.

Com os dois gols marcados, além ter sido considerado o destaque da decisão, Maycon isolou-se na artilharia da sub-13, com 11 gols. Juliano, goleiro campeão, foi eleito o melhor arqueiro da categoria.

Vice-campeão da sub-13, o atleta Kauã, do XI de Agosto, recebeu do secretário municipal do Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli, o troféu comemorativo por ter marcado o gol de número 250 da Copa Craque do Futuro.

Logo aos 12 minutos da decisão da sub-11, Mateus, do Clube de Campo, e Everaldo, do Clínica Futebol Boituva, já haviam alterado o placar para 1 a 1. As equipes não modificaram o resultado ao término do tempo regulamentar e o jogo foi para as disputas na marca da cal.

Nas penalidades máximas, o goleiro Felipe, do Clube de Campo, foi considerado o destaque da final, ao ajudar a equipe a ser campeã por 2 a 1. Da equipe vice-campeã, o goleiro Alan foi avaliado como melhor arqueiro e o atacante Juninho, com oito gols, o artilheiro da sub-11.

Na última final da Copa Craque, novo confronto entre Clube e Bom de Bola e mais um grito de “é campeão” dos visitantes. Giovanni foi o responsável pelo único gol da finalíssima da sub-17.

O time campeão contou com o melhor goleiro da categoria, Cassiano. O Clube de Campo era a equipe de Matheus Veiga, o melhor jogador da decisão. A artilharia ficou com Thiago, do Santa Cruz, autor de sete gols no certame

Publicidade
EMpresa Rosa
Cheff 11
Paulo Motos