Notas Policiais

568
Publicidade
  • Estelionatário “toma” quase R$ 9 mil em invasão de conta

Uma comerciante de 58 anos, moradora da vila Doutor Laurindo, acabou caindo em golpe. Os estelionatários invadiram a conta da vítima e tomaram quase R$ 9.000 em empréstimo e saques. O caso foi registrado na Delegacia Central na tarde de quarta-feira, 27.

Segundo relatado, dia 21, por volta das 17h, a comerciante teria recebeu uma ligação da área de prevenção do “Mercado Pago”. O suposto atendente informou que a empresa estaria suspeitando de fraude em uma das vendas efetuadas pela vítima.

O indivíduo teria pedido para que a comerciante informasse onde a venda havia sido efetuada. Na sequência, o suposto atendente teria perguntado se a vítima tinha algum número de celular para ele a enviar um link.

Conforme o boletim de ocorrência, após a comerciante acessar o link, o estelionatário conseguiu invadir o sistema do “Mercado Livre” e bloquear qualquer tipo de acesso à conta da vítima.

Segundo o boletim, no mesmo dia, o golpista realizou três saques, sendo o primeiro no valor de R$ 500, o segundo, de R$1.290, e terceiro, de 660. O sujeito ainda contatou fornecedores da comerciante, alegando que não havia recebido os produtos com a intenção de que o dinheiro fosse devolvido para ele fazer novos saques.

Publicidade

Ainda conforme o BO, na manhã de quarta-feira, 27, a vítima constatou a solicitação de um empréstimo de R$ 6.000 e um novo saque na conta dela, dessa vez, de R$ 398. Os valores foram retirados e transferidos em uma conta-corrente do Banco Itaú, em benefício de “Luan dos Santos Ferreira”.


  • Carro furtado fica sem bateria, bobina de motor e três rodas

Uma monitora de 50 anos teve o veículo furtado, na madrugada de quinta-feira, 28, na vila Esperança. Contudo, antes de a vítima registrar o boletim de ocorrência de furto, a Guarda Civil Municipal localizou o carro no Jardim Tóquio.

Conforme relatado, o automóvel, azul, da marca Fiat, modelo Uno Mille, fabricado em 1982, estava estacionado na rua Cecílio Boneder, de onde teria sido furtado durante a madrugada.

Segundo a GCM, uma equipe encontrou o veículo, às 7h26, na rua Ângelo Poles, próximo a uma das saídas para a rodovia Antônio Romano Schincariol (SP-127). O carro estava sem bateria, bobina do motor e três rodas, sendo as duas do lado do passageiro e o estepe.

De acordo com a GCM, o carro pertence a um parente de um guarda civil municipal. Posteriormente, a equipe conduziu a vítima ao plantão policial para registrar o boletim de ocorrência.


  • Sujeito aluga maquinários de R$ 20 mil, mas não os devolve

Uma empresa de aluguel realizou a locação de diversos equipamentos a um cliente durante o mês de abril. No entanto, todos, que deveriam ter sido entregues no dia seguinte, ainda não foram devolvidos. Um sócio da empresa registrou boletim de ocorrência na quinta-feira, 28, como estelionato.

Conforme o documento, no dia 23 de abril, um indivíduo (supostamente de 18 anos) esteve no local para realizar o cadastro no sistema do estabelecimento comercial e firmar um contrato de aluguel. Acompanhado de outro homem, o sujeito levou um martelo demolidor e um gerador.

Segundo o boletim, o indivíduo voltou ao local no dia seguinte para locar mais um martelo demolidor, uma serra circular e uma esmerilhadeira. Seis dias depois, ele esteve, mais uma vez, na empresa, para alugar uma motosserra, um soprador de folhas, uma serra circular e uma furadeira, além de litros de óleo e gasolina.

O representante da empresa disse à PC que o contrato de aluguel das ferramentas era de apenas um dia. Entretanto, nenhuma das máquinas locadas havia sido devolvida.

O sócio ainda teria tentado, sem sucesso, contatar o cliente por telefone. Ele esteve no endereço informado pelo indivíduo na ficha cadastral, porém, teria sido avisado de que o sujeito nunca havia sido visto no local.

De acordo com o boletim, ao todo, os maquinários são avaliados em R$ 20 mil. Do valor acertado no contrato de locação dos equipamentos, o indivíduo deixou de pagar R$ 589,35.


  • GCM flagra adolescente de 15 anos pilotando motocicleta

Uma estudante de 15 anos foi flagrada, pela Guarda Civil Municipal, dirigindo sem a CNH (Carteira Nacional de Habilitação). A menor cometeu a infração na tarde de quinta-feira, 28, no Jardim Rosa Garcia 2.

De acordo com a GCM, populares informaram aos agentes que havia uma mulher transitando pelo bairro com uma motocicleta. Ela estaria “praticando direção perigosa, transitando em ‘ziguezague’ e colocando em risco a integridade física das pessoas que andavam pelo local”.

Conforme a GCM, os guardas encontraram a estudante pilotando uma moto preta, da marca Honda, modelo CG 125 Fan ES, na rua Lázaro Phols. Ao notar a aproximação da viatura, ela teria tentado fugir e quase atropelado crianças que estava brincando na via.

Na sequência, os agentes abordaram a condutora da motocicleta e constataram que era menor. A adolescente não estaria portando nenhum documento pessoal, tampouco CNH ou o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo).

A estudante foi conduzida à Delegacia Central para elaboração de boletim de ocorrência de ato infracional por falta de habilitação. Posteriormente, acabou entregue a um responsável. Já o veículo ficou apreendido, sendo recolhido ao pátio do CR Trans Remoções.

Publicidade