373 mil maços de cigarro são apreendidos pela Rodoviária

305
Publicidade





PMR

Kombi era usada para transportar parte dos cigarros contrabandeados

 

Em fiscalizações de combate ao tráfico de drogas e demais crimes, nos dias 20 e 22, a Polícia Militar Rodoviária apreendeu maços de cigarro sem nota fiscal. Os produtos estavam em três veículos, vistoriados em dois trechos da rodovia Castello Branco (SP-280), pelas equipes de policiamento e do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário), da 3ª Companhia.

Pelo menos três pessoas – de nome, idade e sexo não informados pela corporação – receberam voz de prisão. As equipes encaminharam os flagrantes às unidades da Polícia Federal em Bauru e Sorocaba, uma vez que a suspeita é de que os produtos sejam contrabandeados do Paraguai.

Publicidade

Os rodoviários contabilizaram “o primeiro lote” de apreensões na noite de segunda-feira. No quilômetro 214 da rodovia, a equipe do policiamento ostensivo recolheu 23.330 cigarros, às 21h45. Os produtos eram transportados em um dos dois veículos, que estavam estacionados no acostamento da rodovia.

Em vistoria a uma Volkswagen Kombi, com placas de Pouso Alegre (Minas Gerais), os policiais encontraram 40 caixas de cigarro, que totalizaram 23.330 maços da marca Eight, mais 838 maços da marca San Marino.

Já o outro veículo, um Chevrolet Corsa, com placas de São Paulo, que também estava no local e com as luzes apagadas, tinha função de fazer “a escolta da mercadoria”. A informação teria sido repassada pelos motoristas aos rodoviários.

Depois da contagem dos produtos e da identificação dos suspeitos, os policiais os encaminharam, junto com os maços, para a PF de Bauru. Os suspeitos devem responder pelos crimes de receptação e contrabando.

Também na Castello, uma equipe do TOR apreendeu 350 mil maços de cigarro escondidos em um caminhão. O flagrante ocorreu por volta das 20h40 de quarta-feira, 22, no quilômetro 158, na altura da cidade de Quadra.

O motorista do veículo, um Volkswagen 19.320, recebeu sinal de parada. Durante a abordagem, a equipe fez vistoria no caminhão.

Ao verificarem a carroceria, os rodoviários encontraram, embaixo de uma carga de cavaco de madeira, os 350 mil maços “de origem estrangeira”. O produto e o motorista foram encaminhados à unidade da PF de Sorocaba.


Publicidade