Município ganhará plano de educação focado no trânsito

282
Publicidade





Seguindo exemplo de cidades como Indaiatuba, citada como modelo por Francisco Antônio de Souza Fernandes, o Quincas, Tatuí deverá ganhar um plano municipal de educação para o trânsito.

A iniciativa está sendo encabeçada pelo Demutt (Departamento Municipal de Trânsito e Transportes) e fará parte da programação da “Semana Municipal de Trânsito”.

O evento local acontece dentro da semana nacional, que vai de 18 a 25 deste mês. Ele é realizado sob coordenação da Secretaria Municipal de Governo e Segurança Pública, que tem à frente o vice-prefeito Vicente Aparecido Menezes.

Conforme Quincas, promover a educação no trânsito é uma das atribuições do Demutt. Por conta disso, o órgão vai “massificar” ações voltadas à conscientização dos pedestres e condutores. A iniciativa será trabalhada em “três frentes”.

Publicidade

A primeira envolve representantes de entidades religiosas. Todos os padres e pastores das denominações estão sendo convocados para encontro de elaboração do plano educacional que acontece na semana que vem.

A reunião está agendada para a próxima segunda-feira, 9, e visa criar um mecanismo de educação junto à população que vai às missas e aos cultos.

Numa segunda frente, o departamento retomará projeto de educação realizado pela GCM (Guarda Civil Municipal) nas escolas públicas e particulares. “Estamos fazendo um planejamento de ação”, disse Quincas. Os agentes de trânsito também vão estar envolvidos.

A ideia é retomar as ações durante a semana e dar prosseguimento a elas nos próximos meses. “Nós vamos, através das crianças, atingir os pais”, comentou. O departamento quer, ainda, estender o projeto para empresas, com vistas a conscientizar os funcionários por meio de palestras.

Também utilizando debates como forma de esclarecimento, o órgão vai, num terceiro momento, convocar todos os empresários que mantenham ou façam uso de serviço de entrega com motos (lanchonetes, bares, restaurantes, entre outros).

A meta é reduzir o número de acidentes envolvendo motociclistas. “Alguns andam muito rápido pelas ruas da cidade, e isso tudo se resolve com educação”, disse Quincas.

Somadas a essas ações, o Demutt fará uso de faixas e cartazes com mensagens educativas. “Vamos ‘distribuir’ eles por toda a cidade”, contou o diretor.

A Prefeitura também estuda a realização de uma feira educativa, em local a ser definido. Conforme Quincas, o evento deverá acontecer no sábado, 21, e contar com simulado de acidente de trânsito e serviços de revisão de veículos (motos) gratuitos, bem como distribuição de panfletos educativos à população.

O departamento, por sua vez, disponibilizará agentes para tirar dúvidas dos usuários. Serão explicados pontos das alterações no trânsito (reportagem nesta edição) e como funciona a nova sinalização de solo do município.

Segundo Quincas, existem duas situações previstas em Tatuí – e bem definidas com pinturas de faixas de pedestre. Na primeira delas, os motoristas podem avançar as faixas caso não haja um pedestre; na segunda, não.

As faixas localizadas em cruzamentos de ruas sem semáforos são pintadas em vermelho e branco. Nessas, os motoristas podem avançar desde que não haja pedestre passando.

Já as faixas em vias com semáforo são sinalizadas em branco. “Nesse caso, o motorista é obrigado a parar, tenha ou não pedestre, e esperar o sinal abrir sem avançar a faixa de retenção”, disse Quincas.

Outras dúvidas podem ser esclarecidas no próprio departamento. O Demutti fica na rua 11 de Agosto, 28, no centro. O telefone para contato é o 3259-4015.


Publicidade