‘Linha se mantém’, diz novo comandante

293
Publicidade





Cristiano Mota

Bombeiros exibem novos equipamentos adquiridos a autoridades; acompanhado de major, comandante apresentou aquisição ao prefeito Manu e ao vice-prefeito Vicentão

 

“Todos os comandos que passam procuram seguir a linha do comando geral, que continua a mesma. Então, a linha se mantém. Sempre buscando a melhoria e a otimização dos serviços”.

Este é compromisso assumido pelo capitão Alexandre Riquena Costa, apresentado como novo comandante do Subgrupamento do Corpo de Bombeiros de Tatuí.

Publicidade

O oficial assumiu a função na segunda-feira, 9, data na qual participou de ato simbólico ao lado do major Miguel Ângelo de Campos. Ele compareceu no paço municipal para “apresentação formal” junto ao prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu.

Também oficializou a entrega de R$ 100 mil em equipamentos, repassados pelo governo do Estado ao subgrupamento do município. O novo capitão assumiu o posto deixado por Campos, promovido a major no dia 23 de agosto.

Riquena comandou o subgrupamento de Itapeva pelo período de um ano e três meses. “Saí de Campinas, quando fui promovido, para lá. Agora, tive essa oportunidade dada pelo comando de estar mais próximo da região onde resido e trabalhar aqui, em Tatuí”, declarou a O Progresso.

O novo capitão afirmou que manterá o trabalho do comando anterior e priorizará a melhoria do atendimento à população. Até a data da apresentação dele às autoridades locais, Riquena não havia conhecido a estrutura do quartel local.

“Ainda não consigo fazer uma avaliação. De antemão, o que sabemos é que essa região de Tatuí é uma das que têm maior volume de serviços, uma maior demanda de trabalho, até pela quantidade de postos dos bombeiros”.

Conforme o capitão, a região do subgrupamento conta com três postos e três bases. “O volume de serviços, aqui, é bastante grande”, complementou.

Além de conversar com o prefeito, Riquena encontrou-se com o vice-prefeito e secretário municipal de Governo e Segurança Pública, Vicente Aparecido Menezes.

Na frente da Prefeitura, ele apresentou os novos equipamentos enviados pelo Estado na manhã de segunda-feira.

A aquisição feita pelo governo paulista integra a política de “manutenção do convênio”, conforme explicou Campos. O major acompanhou a apresentação do investimento.

O município recebeu um furgão – que deverá ser adaptado pela Prefeitura – e diversos equipamentos que serão utilizados nas ocorrências de salvamento e resgate.

“O principal deles é o desencarcerador, popularmente chamado de tesoura hidráulica”, disse o major. Segundo ele, o equipamento serve para retirar vítimas que ficam presas em veículos acidentados, principalmente, caminhões.

“É um investimento pesado que o Estado está fazendo não só aqui, mas em várias cidades. Tatuí foi contemplada e, hoje, acabou coincidindo com a apresentação do capitão Riquena, transferido de Itapeva para Tatuí”, disse Campos.

O novo capitão ocupa efetivamente a vaga deixada pelo major. Campos afastou-se do subgrupamento de Tatuí quando teve transferência para Sorocaba. No ano passado, retornou ao município, mas teve de se ausentar em função do curso de formação de oficiais, para ser nomeado major.

Durante o encontro, o oficial despediu-se das autoridades. O prefeito elogiou o trabalho desenvolvido por Campos em Tatuí, ao longo dos anos, e disse que ele é a pessoa certa no lugar certo.

“Ele está indo para Barueri. Vai comandar uma grande região, com cinco rodovias importantíssimas, cidades muito importantes para o desenvolvimento industrial. Tenho certeza que foi uma boa escolha, só de ver o trabalho que ele fez na cidade”, declarou o prefeito.

Manu disse, também, que o Executivo dará continuidade à parceria com a instituição e ressaltou a importância dos investimentos do governo em Tatuí.

De acordo com ele, os bombeiros representam um dos órgãos mais importantes da cidade. Manu citou que a corporação cuida da “prevenção dos acidentes – industriais, domésticos e de provocados pela natureza – e dos primeiros-socorros” e afirmou que o quartel local tem papel fundamental na região.

O prefeito afirmou que o investimento feito pelo governo dará maior suporte ao quartel do município e torná-lo mais “independente”.

“Com esse equipamento, não será mais preciso chamar o suporte de Sorocaba. Vamos ter isso no nosso quartel, disponibilizando para uso próprio em Tatuí e em rodovias que margeiam a cidade”, declarou.


Publicidade