Jd. Santa Rita de Cássia é escolhido para abrigar 17ª Emef do município

319
Publicidade





A 17ª Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) de Tatuí será construída no Jardim Santa Rita de Cássia. A unidade terá capacidade para atender aproximadamente 350 alunos do primeiro ciclo (1º ao 5º ano) e será edificada com recursos próprios.

O Executivo está finalizando o projeto de construção, conforme informou a O Progresso o prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu. Em entrevista no sábado, 17, ele afirmou que as obras podem começar ainda neste ano.

Manu destacou que a escola representa a segunda proposta idealizada e a ser viabilizada pela administração atual na área da Educação. As três creches inauguradas neste ano haviam sido fruto de convênio assinado pela gestão anterior. “Este já é um projeto Manu e Ângela Sartori”, citou.

O primeiro projeto anunciado como próprio (elaborado pela atual administração) é a “maior creche do município”, também no Santa Rita.

Publicidade

A previsão é de que seja investido R$ 1 milhão na construção da nova unidade de educação infantil. Já para a Emef, a Prefeitura ainda não definiu valores.

Antecipou, contudo, que a unidade terá 11 salas e 1.800 metros quadrados de área construída. O Executivo estuda instalá-la numa área ao lado da futura creche. “É uma escola que eu quero deixar como modelo do nosso governo”.

De acordo com o prefeito, o projeto está sendo elaborado pelo corpo de engenheiros da municipalidade. Ele disse que não contratou nenhuma empresa de engenharia para desenvolver a planta de construção. “Nossa equipe está fazendo os projetos elétrico, hidráulico e estrutural”.

Manu fará o anúncio oficial em setembro, em data a ser agendada pelo Departamento de Comunicação e Gestão Estratégica. Na ocasião, divulgará a planta do prédio e detalhará o projeto. “A população verá a qualidade dessa escola, fruto de trabalho da nossa secretária junto com o prefeito”, disse ele.

A Prefeitura deverá utilizar recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) para as obras. “Nós temos o recurso, do qual podemos utilizar 40% para construção. Os outros 60% são para folha de pagamento”, detalhou.

Caso seja necessário, o prefeito disse que poderá pleitear verbas junto aos governos estadual e federal para complementar os valores. “Durante o processo, vou batalhar para conseguir concluir essa obra”.

Atualmente, Tatuí conta com 16 escolas municipais. O ensino fundamental, no entanto, é oferecido em 24 unidades mais o Nebam (Núcleo de Educação Básica Municipal) “Ayrton Senna da Silva”.

De acordo com a Secretaria Municipal da Educação, o número chega a 24 porque oito instituições de ensino funcionam na zona rural e são vinculadas a unidades urbanas.

A entrega da última Emef em Tatuí aconteceu no dia 23 de abril de 2010. Denominada de “Allan Alves de Araújo”, a unidade fica no bairro Tanquinho, atende alunos do 6º ao 9º ano, tendo sido concluída por meio do “Convênio PAC” (Programa de Ação Cooperativa), da Secretaria de Estado da Educação.


Publicidade