Homem é atingido por linha com cerol e tem ferimentos no pescoço

833
Homem teve cortes no pescoço, mas passa bem (AI Prefeitura)
Da redação

Um homem de 52 anos sofreu ferimentos no pescoço ao ser atingido por linha de pipa com cerol, na sexta-feira, 12. O acidente aconteceu nas imediações da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), no Jardim Wanderley.

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado por populares e o paciente (identificado pelas iniciais J.S.L.) foi levado ao Pronto-Socorro “Erasmo Peixoto”, onde foi atendido e passa bem.

Ainda conforme a nota da prefeitura, devido ao acidente, a Guarda Civil Municipal intensificou o patrulhamento na região.

Conforme a lei estadual 12.192, de 6 de janeiro de 2006, é proibido o uso de cerol ou qualquer produto semelhante que possa ser aplicado em linhas de papagaios ou pipas.

Aquele que não cumpre a lei pode ser multado em cinco Ufesps (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo), sem prejuízo da responsabilidade penal.

Ainda segundo a lei, quando o infrator é menor, os pais são os responsáveis, e as despesas correm “por conta das dotações orçamentárias próprias”.