Fundo Social busca arrecadar 40 mil peças com a Campanha do Agasalho

1752
Campanha do Agasalho segue até esta quinta-feira (foto: AI Prefeitura)
Publicidade

A Campanha do Agasalho 2018 prossegue recebendo doações, por meio do Fusstat (Fundo Social de Solidariedade de Tatuí), até quinta-feira, 28. Os itens podem ser dispostos em caixas espalhadas pela cidade. As entidades beneficiadas receberão as doações em cerimônia simbólica na sexta-feira, 29, no Centro Cultural Municipal.

De acordo com Sônia Maria Ribeiro da Silva, presidente do Fusstat, a campanha busca peças de roupa e calçados em bom estado de uso. Os agasalhos e cobertores serão distribuídos para famílias carentes atendidas pelas associações e entidades assistenciais do município. Neste ano, a campanha pretende arrecadar pelo menos 40 mil peças.

No ano passado, a entidade entregou mais de 12 mil peças de roupas a 14 entidades assistenciais. A arrecadação total chegou a 42 mil unidades. Do total, apenas 1.960 peças – a maioria formada por sapatos – foram incineradas.

Os agasalhos inservíveis representaram apenas 4,7% da soma, número pequeno se comparado aos de anos anteriores, quando a perda chegou a 35%.

A expectativa do Fusstat é de que, neste ano, as perdas sejam ainda menores. “Focamos bastante na questão da qualidade das roupas e na conscientização para que as pessoas doem peças em bom estado, e, com isso, vamos conseguir diminuir o número de perdas”, relata a presidente.

Publicidade

Os pontos de arrecadação são escolas, estabelecimentos comerciais e prédios públicos. No total, ha mais de 300 caixas da campanha espalhadas pela cidade. Depois da arrecadação, as roupas, passam por reciclagem, para serem selecionadas e separadas para a doação.

“Infelizmente, ainda muitas pessoas doam peças que seriam descarte e, por isso, é necessário fazer esta seleção”, comentou Sônia.

A contagem está sendo feitas pela coordenadora da campanha, Edite Oliveira, junto com uma equipe de 15 pessoas. O número oficial da campanha deste ano será divulgado durante a solenidade de encerramento. Até lá, as doações podem ser realizadas em qualquer um dos pontos de arrecadação.

As peças recolhidas estão sendo levadas para um barracão cedido pelo empresário Jonas Caetano Filho. Lá, a equipe faz a triagem e separa as roupas em kits para encaminhá-los às entidades assistenciais – que já se cadastraram previamente para serem beneficiadas com as doações. Aproximadamente, dez associações serão atendidas.

Além das entidades, as pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social também poderão receber doações. A entrega para as famílias carentes – cadastradas ou não – será feita a partir da próxima segunda-feira, 2.

A distribuição será realizada no mesmo barracão onde está sendo feita a triagem. O imóvel fica na rua Juvenal de Campos, 643, centro.

Sônia explica que, na verdade, a campanha de arrecadação e a distribuição das roupas acontece durante todo o ano. “A data marca o encerramento da campanha, mas as doações continuarão. O importante é ajudar a todos e não deixar ninguém com frio”, ressaltou Sônia.

No dia 9 deste mês, aconteceu o Dia D da Campanha do Agasalho, na Praça da Matriz. O objetivo, segundo a presidente, foi marcar a entrega simbólica das doações feitas nas escolas, creches, pré-escolas e associações.

Na ocasião, além das peças de roupas – que ainda serão contabilizadas -, o Fusstat recebeu 187 cobertores da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo). Desses, 50 serão destinados ao Pronto-Socorro “Erasmo Peixoto”.

A abertura oficial da Campanha do Agasalho 2018 aconteceu no dia 21 de abril, na Praça da Matriz. A iniciativa é realizada em parceria com o Fussesp (Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo) e tem como tema o slogan “É tempo de doar!”.

Publicidade