Dois adultos e menina de 9 anos falecem em acidentes em Tatuí

1912
Da redação

A Delegacia Central registrou na quarta-feira, 5, em um intervalo de menos de 20 horas, três óbitos em Tatuí. As vítimas são uma menina de nove anos e dois homens, de 51 e 53 anos, que faleceram em decorrências de diferentes acidentes.

A primeira morte foi informada na unidade policial por volta das 2h, de um construtor de 51 anos, identificado como Marco Antônio da Silva. O boletim de ocorrência foi registrado por uma irmã da vítima.

Conforme relatado, na véspera do Réveillon, na sexta-feira, 31 de dezembro, por volta das 12h, Silva tinha subido no telhado da residência dele, no Jardim Rosa Garcia 2, para fechar o registro da caixa d’água, para trocar uma torneira. No entanto, ele caiu da escada e bateu a cabeça no chão.

Segundo relatado, Silva foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto”. Ele permaneceu internado na unidade de saúde e faleceu na noite de terça-feira, 4, por volta das 23h.

O segundo óbito foi de um tratorista de 53 anos, identificado como José Benedito Aguiar, informado pela Polícia Militar por volta das 16h. Segundo a corporação, às 14h25, a vítima sofreu acidente na rua João Batista Correa Campos, na vila Doutor Laurindo, e havia sido socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Em conversa com populares, conforme a PM, os agentes foram informados de que Aguiar estava transitando pela via quando “perdeu o controle” na curva e acabou colidindo contra um poste, batendo a cabeça.

Ainda segundo a corporação, os policiais estiveram na UPA (unidade de pronto atendimento) “Augusto Moisés de Menezes Lanza” e foram comunicados, pelo médico plantonista, de que Aguiar havia falecido, devido à gravidade do acidente.

A terceira morte comunicada à DC, por volta das 21h20, foi de uma menina de nove anos. Conforme a PM, uma equipe foi acionada para atender à ocorrência de óbito na UBS (unidade básica de saúde) do Jardim Santa Rita de Cássia.

Na unidade de saúde, segundo o boletim de ocorrência, o médico relatou aos agentes que a menina fora atendida por uma equipe do Samu, mas que já chegara sem vida ao local, sendo constatado o óbito às 19h30. Conforme o profissional, a garota teria sido vítima de afogamento e possível descarga elétrica não natural.

Ainda conforme o boletim, os familiares da vítima informaram aos policiais que estavam no sítio do avô dela, onde a menina brincava um em parquinho. Em determinado momento, ela foi perdida de vista e, em seguida, encontrada já sem vida, em um lago que fica no local.

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome