Covid atinge ‘platô’ em confirmações e óbitos

663
Publicidade
Da reportagem

Os gráficos semanais baseados nos dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, com os números da Covid-19 sugerem a possibilidade de que a pandemia tenha atingido o “efeito platô” no município – quando deixa de subir por um determinado tempo, indicando uma linha contínua, antes do início de possível queda.

No indicativo atual, que avalia os casos entre os dias 11 e 17, o gráfico apresenta 113 casos confirmados e três mortes pela doença. No período anterior, entre os dias 4 e 10, a cidade havia confirmado 114 novos casos da doença e o mesmo número de óbitos (três), durante sete dias.

A secretária da Saúde, Tirza Luiza de Melo Meira Martins, confirmou que os números podem significar possível estabilização do contágio e apontou que a tendência é manter esses números nas próximas semanas.

“Como nós intensificados o número de testes, vamos ter mais diagnósticos, mas, avaliando a taxa de ocupação de UTI e de pacientes internados em leitos clínicos, a gente percebe que, nas últimas semanas, os índices vêm se mantendo”, argumentou a secretária.

Tirza acrescentou que, apesar do número maior de diagnósticos, nestas duas semanas, não houve aumento no número de casos graves da doença. “Tivemos muitos confirmados, mas a maioria dos pacientes fazia tratamento domiciliar e estava com quadro estável”, disse a secretária.

Publicidade

As três mortes confirmadas pela doença, nesta semana, são de um homem, de 85 anos, e de duas mulheres, de 39 e 59 anos. O idoso faleceu na manhã de terça-feira, 14. Já o óbito das mulheres foi divulgado na quinta-feira, 16. Todos faleceram na UTI da Santa Casa.

Até sexta-feira, 17, 33 moradores da cidade haviam morrido vítimas do novo coronavírus. O número de mortes representa 4,62% do total de casos confirmados da doença, sendo 17 homens (12 acima dos 60 anos e cinco entre 39 e 59 anos) e 16 mulheres (13 na faixa dos 60 anos).

A média de diagnósticos do período foi de 16,1 infectados a cada 24 horas. Somente nos últimos três dias, a cidade recebeu 437 novas notificações, das quais 46 foram confirmadas e 210, descartadas.

Até terça-feira, 14 (data de fechamento da edição anterior), a cidade somava 2.745 notificações por Covid-19, sendo 213 casos suspeitos aguardando resultado dos testes, 1.863 descartados e 669 positivos, com 30 óbitos pela doença.

Já na tarde de sexta-feira, 17, conforme o boletim epidemiológico mais recente, divulgado por volta das 11h, o município somava 3.182 notificações, sendo 394 casos suspeitos aguardando resultado dos testes, 2.073 descartados e 715 positivos.

Dos casos confirmados, 603 pacientes estavam recuperados, 33 morreram e 79 ainda estavam em tratamento, sendo 13 em hospitais e 66 em casa. Dos casos suspeitos, 394 estavam em tratamento, sendo 12 em hospitais e 382 em casa.

Somente na sexta-feira, foram notificados 19 novos casos positivos (sete homens e 12 mulheres), todos com quadros estáveis e em tratamento domiciliar; 101 novos casos suspeitos (39 homens e 62 mulheres); e 67 descartados (31 homens e 36 mulheres).

A ocupação de leitos clínicos de internados por Covid-19 ou suspeitos na Santa Casa de Misericórdia era de 77% e a ocupação da UTI, por pacientes com Covid-19 ou casos suspeitos, de 80%.

Estavam internados, na Santa Casa, 17 pacientes, sendo oito na UTI, com quadros que inspiravam cuidados (cinco positivos e três suspeitos), e nove no isolamento (quatro positivos e cinco suspeitos).

No hospital particular, estavam internados oito pacientes, sendo três na UTI (dois positivos para a Covid-19 e um suspeito), com quadros que inspiravam cuidados, e cinco no isolamento (dois positivos e três suspeitos).

A cidade experimenta, desde quarta-feira, 15, uma reabertura gradual das atividades econômicas, de acordo com plano elaborado pelo governo estadual. As regiões do estado são divididas em fases, de acordo com os índices de casos, mortes, internações e evolução da pandemia.

Tatuí está na fase 2, laranja, em que, além dos serviços essenciais, estão funcionando lojas de rua, comércio em geral, escritórios, atividades imobiliárias, concessionárias de veículos, hotéis e motéis.

Publicidade