Coral do ‘Espaço Feliz’ integra espetáculo no Memorial da AL

8323
Meninas do corpo de dança da instituição também subiram ao palco (foto: divulgação)

No dia 19 deste mês, um público de quase mil pessoas prestigiou “Menino Gigante, O Musical”, realizado pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

O espetáculo, apresentado no Auditório “Simón Bolívar”, do Memorial da América Latina, em São Paulo, por conta da reinauguração do espaço, teve a participação do coral do Projeto Espaço Feliz, do Lar “Donato Flores”.

Aproximadamente 250 crianças e adolescentes integraram a montagem. A apresentação teve participação especial da Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo.

Ao todo, oito corais compareceram. Além das meninas da instituição de Tatuí, o espetáculo teve o coral do Projeto Farol e Coral Juvenil Unasp, ambos de São Paulo; Madrigal Cantabile e Coral do Proame, ambos de Votorantim; Coral Vozes, de Taubaté; Coral Infantil Municipal Cantarolando, de Vinhedo; e coral do Grupo Primavera, de Campinas.

No repertório, as 250 crianças e adolescentes entoaram canções que abordam as riquezas naturais do Brasil, com ênfase no meio ambiente e na biodiversidade.

“Menino Gigante” tem autoria do maestro, compositor e diretor musical Cezar Elbert e vem sendo realizado no interior desde o ano passado, nas respectivas cidades de cada coral.

De acordo com o “Donato Flores”, essa foi a primeira vez que o espetáculo foi apresentado com o acompanhamento de uma orquestra.

O coral do Projeto Espaço Feliz foi especialmente convidado por Elbert, em função da apresentação dos musicais “Menino Gigante” e “Canção da Paz”. Os espetáculos foram apresentados em 2016 e 2017, respectivamente, no teatro “Procópio Ferreira”, do Conservatório de Tatuí.

Além do coral, o grupo de dança do projeto Espaço Feliz integrou o evento. Orientadas pela professora e coreógrafa Ricieli Helena Proença, 12 meninas participaram.

“Foi uma oportunidade incrível alcançada por nossos alunos, pois, além de se apresentarem em um evento histórico, eles tiveram a honra de serem acompanhados por uma das mais importantes e respeitadas orquestras do país, num dos mais consagrados palcos brasileiros”, comemorou o professor e maestro Luís Gustavo Laureano.

Composto por Elbert, o repertório do musical traz mensagens de conscientização, respeito, sustentabilidade, harmonia com a natureza, paz com o meio ambiente e preservação. Foram interpretadas as canções “Novo Mundo”, “A Dança do Planeta”, “O Vento”, “Cerrado & Caatinga” e “Bichos & Cia.”.

A apresentação incluiu as músicas “Mata Atlântica”, “Tesouro Transparente (Água)”, “Pantanal”, “Parte de Você”, “Pampas”, “Canção da Paz”, “Menino Gigante” e “Riqueza do Meu Brasil”, além de “Amazônia”, composta em parceria com Vavá Rodrigues.

Coordenadores das áreas artística, coreográfica e membros da equipe técnica da instituição acompanharam as apresentações. São eles: Laureano, Ricieli e Ana Feltrin.