Comtur define comissão para avaliar a atualização do ‘PDT’

270
Reunião do mês de setembro ocorreu nesta semana no Centro Cultural (foto: Eduardo Domingues)
Publicidade

O Comtur (Conselho Municipal de Turismo) definiu, em sessão ordinária realizada no Centro Cultural, na tarde de terça-feira, 3, uma comissão interna para avaliação da revisão do Plano de Desenvolvimento Turístico de Tatuí.

O presidente do Comtur, Wagner Eduardo Graziano, e os conselheiros Luís Antônio Galhego Fernandes e João Carlos Vaz de Almeida formam o comitê de avaliação do documento.

O Plano de Desenvolvimento Turístico tem como objetivo definir as principais diretrizes, programas e projetos, “visando aprimorar e fomentar o desenvolvimento do turismo local”. O documento integra o Plano Diretor de Tatuí.

O plano é baseado em estudos que mostram quais são as vocações turísticas do município. No caso, o plano turístico de Tatuí é voltado à área cultural, principalmente, à música e ao doce caseiro.

“Essa revisão é extremamente importante, pois é esse documento que dá base às metas para o turismo em relação ao Plano Diretor de Tatuí”, acentuou Graziano.

Publicidade

O primeiro e atual plano de desenvolvimento foi elaborado em 2015, pelos turismólogos do Departamento Municipal de Cultura e Desenvolvimento Turístico, Rafael Halcsik Coutinho e Jean Vinicios Sebastião, sendo válido até o término deste ano.

A revisão do plano corresponde a uma das principais exigências aos MITs (municípios de interesse turístico). A atualização do documento é obrigatória a cada três anos e está sendo elaborada, novamente, pelos agentes de turismo da prefeitura. O documento revisado terá vigência durante o triênio 2020-2022.

“O plano de desenvolvimento é mais ágil do que o Plano Diretor. A revisão é válida, pois as coisas mudam na cidade nesse período”, complementou o presidente do Comtur.

De acordo com Graziano, a comissão irá analisar a revisão do PDT e fará os adendos que julgar necessários. Na sequência, os turismólogos do DMT irão checar as possíveis alterações, colocando-as no documento e, posteriormente, apresentar o plano atualizado e revisado em audiência pública.

A audiência é uma determinação da lei municipal 4.976/2015 e da lei complementar estadual 1.261/2015. Ela será realizada no dia 25, uma quarta-feira, às 17h, no Museu Histórico “Paulo Setúbal”. O evento é a atividade prevista para o segundo dia da Semana Municipal de Turismo, que acontecerá entre os dias 24 e 29 deste mês.

A programação da Semana Municipal de Turismo prevê a abertura no Sítio do Carroção, dia 24, uma terça-feira, às 9h30, com o 2º Encontro Municipal de Turismo.

O evento tem objetivo de “divulgar e expandir o potencial turístico de Tatuí e das cidades do “Raízes do Interior Paulista”, atendendo aos profissionais interessados em atuar no mercado turístico”. Entre as pautas do encontro, estará o ranqueamento de MITs e estâncias turísticas.

No dia 26, às 19h, o Centro Cultural recebe a abertura de mostra fotográfica “Atrativos Turísticos”. Os interessados em expor imagens de cenários turísticos tatuianos têm até o dia 19, uma quinta-feira, para se inscreverem, através do link: http://tatui.sp.gov.br/legislacao/arquivos/decretos_municipais/19992-26-08-2019.pdf.

Os alunos da rede municipal de ensino farão, dia 27, a partir das 8h, um “roteiro turístico” e, às 16h, no paço municipal, ocorrerá reunião para sancionamento da lei do Dia Municipal de Turismo, a ser celebrado em 27 de setembro.

No dia 28, das 10h às 16h, haverá o “Turismo na Praça”, na Matriz, que receberá apresentações de associações e entidades locais com potencial turístico. E, encerrando a Semana Municipal de Turismo, no dia seguinte, às 8h, haverá o “Pedal Turístico” pelos pontos turísticos de Tatuí, com inscrições e saída do MHPS.

Com a definição da comissão e divulgação da programação atualizada da Semana Municipal de Turismo, a reunião prosseguiu com a reestruturação do Comtur como pauta. Os conselheiros debateram a respeito da entrada de novos membros ao órgão.

Publicidade