Cidade notifica 1.809 casos confirmados de dengue em 2 meses

77
Nebulização é realizada em vários bairros da cidade (Foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Da redação

Novo boletim da Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria de Saúde, divulgado nesta segunda-feira, 22, apontou que o número de casos positivos de dengue já chegou a 1.809 no município.

Desde o início de 2021, foram 2.636 notificações de pessoas com suspeita da doença. Deste total, 772 casos foram descartados por meio de exames laboratoriais, 1.809, confirmados e 55 aguardam resultados.

O número sobe a cada dia. Somente na segunda-feira, 22, 240 casos foram confirmados na cidade. Na mesma data, 105 pessoas receberam atendimento médico e 288 passaram por consulta com a equipe de enfermagem da Unidade de Atendimento à Dengue, resultando em 158 casos positivos, 38 negativos, um hemograma, 38 atendimentos na farmácia e dez soroterapias/injetáveis.

A Secretaria de Saúde orienta que todas as pessoas que apresentarem febre, acompanhada de, pelo menos, dois sintomas, como náuseas, vômitos, manchas avermelhadas pelo corpo, dor nas articulações, dor de cabeça ou dor no fundo do olho, devem procurar a Unidade de Atendimento à Dengue, de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h.

No período noturno e aos finais de semana, é necessário procurar a UPA (unidade de pronto atendimento). Conforme protocolo do Ministério da Saúde, todas as unidades básicas de saúde também atendem suspeitas de dengue, realizam as notificações, a coleta de exames e todas as ações necessárias.

Publicidade

Nebulizações na cidade

Pela segunda semana consecutiva – de uma série de quatro-, a Sucen (Superintendência de Controle de Endemias do Estado de São Paulo) faz a nebulização “pesada” para o combate à dengue na vila Dr. Laurindo e Jardim Rosa Garcia 2.

Nesta terça-feira, 23, a nebulização ocorreu na vila Dr. Laurindo. Já nesta quarta-feira, 24, a previsão é atender o Jardim Rosa Garcia 2 e, na quinta-feira, 25, será a vez do Jardim Santa Rita de Cássia e do bairro Tanquinho, que receberão a primeira de uma série de mais quatro nebulizações consecutivas.

Conforme a assessoria de comunicação da prefeitura, todas as ações devem durar, aproximadamente, três horas, e só serão canceladas caso haja ventos fortes ou chuva nos dias e horários programados.

A assessoria ainda informou que os dias da semana em que ocorrerão as próximas nebulizações serão comunicadas pela Sucen, de acordo com o calendário do órgão.

Em nota à imprensa, a assessoria informa que, durante o “fumacê”, os moradores dos bairros devem abrir as janelas e portas das casas, visto que o mosquito se aloja dentro das moradias.

Além disso, orienta que devem ser cobertas gaiolas de pássaros e alimentos e, caso haja alguém alérgico na casa, que permaneça em um cômodo separado e fechado até 30 minutos após a passagem do fumacê.

“O setor de Combate à Dengue da prefeitura está realizando o seu trabalho de combate ao mosquito Aedes Aegypti, entretanto, solicita a colaboração da população, que é mais do que necessária para o enfrentamento desta doença”, conclui a nota.

Publicidade