Cidade mantém média semanal de mortes decorrentes do coronavírus

331
Publicidade
Da reportagem

A média semanal de óbitos causados pela Covid-19 em Tatuí manteve-se inalterada nesta semana, entre sábado, 21, e esta sexta-feira, 27, em relação à semana anterior (13 a 20 de novembro).

De acordo com levantamento feito com base nos boletins da Secretaria Municipal de Saúde, a Vigilância Epidemiológica registrou duas mortes confirmadas pela doença em ambos os períodos.

O óbito mais recente foi divulgado pela VE em relatório divulgado na manhã desta sexta-feira, 27, referente a um homem de 63 anos. O paciente estava internado na unidade de terapia intensiva da Santa Casa de Misericórdia.

A outra morte foi informada na manhã de domingo, 22. Na oportunidade, o órgão municipal comunicou o óbito de um homem de 64 anos, que falecera no dia anterior, após dar entrada no “gripário” e ser encaminhado à sala de emergência do Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto”.

Na tarde de quinta-feira, 26, a secretaria municipal ainda informou ter notificado uma morte com suspeita de Covid-19 em Tatuí. Trata-se de uma mulher de 55 anos, que estava internada na UTI da Santa Casa.

Publicidade

Com as novas mortes confirmadas, a cidade atingiu 86 vítimas fatais pela doença, sendo 43 mulheres (32 na faixa acima dos 60 anos e 11 entre 39 e 59 anos) e 43 homens (35 acima dos 60 anos e oito entre 39 e 59 anos).

Os números representam taxa de 2,22% de letalidade – índice calculado pelo número de óbitos em comparação à quantidade total de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus.

Em contrapartida, houve queda de 29,37% na curva de contaminações. Com 190 exames positivos nesta semana, foram infectados 139 moradores a menos que na semana anterior, quando foram notificados 269 casos positivos.

Em relação às duas semanas anteriores, houve crescimentos de 30,13% em relação ao período de 7 a 13 de novembro, quando foram notificados 146 casos positivos, e 115,91%, considerando-se o período 31 de outubro a 6 de novembro, com 88 casos positivos.

Já em comparação à semana de pico (de 18 a 24 de julho, quando a maior quantia de casos confirmados em período de sete dias), nesta semana foram registrados 34,26% exames positivos a menos. Naquela ocasião, foram confirmados 289 casos da doença.

A média de diagnósticos nestes sete dias foi de 7,92 infectados a cada 24 horas. Somente nos últimos três dias, o município apresentou 578 novas notificações, das quais 106 foram confirmadas (18,34%).

Até terça-feira, 24 (data de fechamento da edição anterior de O Progresso), Tatuí somava 17.381 notificações da doença, sendo 262 casos suspeitos aguardando resultado dos testes, 13.361 descartados e 3.768 positivos, com 85 mortes pela doença.

Na quarta-feira, 25, o órgão municipal comunicou mais 31 casos de Covid-19 (12 homens e 19 mulheres), 232 suspeitos (95 homens e 137 mulheres) e 139 descartados (62 homens e 77 mulheres).

Na quinta-feira, 26, além do óbito com suspeita da doença, a VE registrou 32 novos casos positivos (18 homens e 14 mulheres), 190 suspeitos (93 homens e 97 mulheres) e 174 descartados (81 homens e 93 mulheres).

Já em relatório divulgado na sexta-feira, 27, além da morte confirmada, a VE afirmou ter notificado 43 novos testes positivos da doença (14 homens e 29 mulheres), 156 suspeitas (67 homens e 89 mulheres) e 116 descartes (53 homens e 63 mulheres).

De acordo com o boletim mais recente da VE, atualizado por volta das 11h de sexta-feira, a cidade apresentava 17.969 notificações da doença, sendo 305 suspeitas aguardando resultado dos testes (1,70%), 13.790 descartadas (76,74%) e 3.874 positivas (21,56%).

Dos confirmados, 3.709 pacientes já estavam recuperados (95,74%), 86 morreram (2,22%) e 79 (2,04%) ainda seguiam em tratamento: 15 em hospitais e 64 em isolamento domiciliar.

Entre os casos suspeitos, havia um óbito e 304 pacientes em tratamento: 13 em hospitais e 291 em casa.

A ocupação de leitos clínicos de internados por Covid-19 ou suspeitos na Santa Casa era de 68% e a ocupação da UTI, por pacientes com Covid-19 ou casos suspeitos, de 50%.

Estavam internados, na Santa Casa, 22 pacientes, sendo sete na UTI (quatro positivos e três suspeitos), com quadros que inspiravam cuidados, e 15 no isolamento (sete positivos e oito suspeitos), com quadros estáveis.

Já no hospital particular, estavam seis pacientes, sendo um com teste positivo na UTI, com quadro que inspirava cuidados, e cinco na ala de isolamento (três positivos e dois suspeitos), com quadros estáveis.

Publicidade