Carnarock, a festa alternativa

863
Roqueiros não se importam com a chuva na hora dos shows (foto: Francis Jonas Limberger)
Publicidade

No domingo, 11, a rua do Cruzeiro foi palco de uma festa carnavalesca diferente da folia tradicional. O Carnarock, realizado em frente ao bar Dama de Ferro, reuniu cerca de 200 apreciadores da “música mais pesada”, todos indiferentes à chuva daquela noite.

Em sua quinta edição, o Carnarock teve abertura com Juninho Barbosa e as bandas Rivotrio e Lost Control. O segundo conjunto tem como vocalista Sabrina Dama, também proprietária do bar que promove o Carnarock.

Sabrina, proprietária do Dama de Ferro, sobe ao palco do Carnarock (foto: Francis Jonas Limberger)

Segundo Sabrina, o bar já possui tradição com shows de bandas. “A gente vive o rock o ano todo e, no Carnaval, não seria diferente”, afirma.

Na rua do Cruzeiro, concentraram-se roqueiros e representantes de motoclubes, mas também pessoas mais identificadas com outros estilos. O exemplo é o professor de violão clássico do Conservatório Ricardo Grion.

“É o meu filho”, disse ele, apontando para o contrabaixista da banda Lost Control. “O pessoal gosta, porque é em espaço aberto e tem as bandas da cidade”, acrescenta Sabrina.

Publicidade
Publicidade