Campanha de doação de sangue não incluirá o cadastro de medula

759
Publicidade

Programada para a manhã deste sábado, 11, a Campanha de Doação de Sangue, que acontece no Cemem (Centro Municipal de Especialidades Médicas) “Dr. Jamil Sallum”, não terá cadastros de doadores de medula óssea.

A organizadora do evento, Rita Corradi Azevedo, informou que o evento será voltado apenas à coleta de sangue em prol ao Hemonúcleo Regional de Jaú.

Entretanto, quem for doar poderá fazer o cadastro. Rita explicou que a equipe do HAC (Hospital “Amaral Carvalho”) vai retirar uma amostra para o procedimento.

Ao todo, 150 senhas serão distribuídas para as pessoas que quiserem participar. As entregas começam às 7h30, com as coletas previstas para até às 11h.

“Mesmo que o evento esteja acontecendo, se não houver mais senhas, as pessoas não poderão doar. Já realizamos campanhas nas quais as senhas se esgotaram às 8h30”, contou.

Publicidade

Conforme a organizadora, quem define o número de senhas é a equipe do “Amaral Carvalho”. Rita mencionou que a entidade traz mais ou menos bolsas para coleta, conforme a necessidade. Cada bolsa resulta, em média, em 400 mililitros de sangue, que é processada e pode ser dividida em plaquetas e plasmas.

Essa é a quarta campanha do ano realizada em Tatuí e a 25ª destinada a atender ao “Amaral Carvalho” desde 2009. Neste ano, as ações já aconteceram em março, julho e setembro. Para o ano que vem, as coletas estão pré-agendadas para fevereiro, abril, julho e outubro, em dias a serem informados.

A organização divulga as datas com 30 dias de antecedência. Esse é o prazo para que a voluntária entre com o pedido junto à VS (Vigilância Sanitária) e pela liberação do Cemem. O centro é considerado “o único espaço apropriado” para a realização de campanhas, por comportar o maior número de pessoas.

Publicidade