Campanha contra gripe espera imunizar 90% do público-alvo

1ª etapa de vacinação acontece em 10 polos até 10 de maio

202
Município possui dez postos de vacinação para atender o público-alvo (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Da redação

A prefeitura, por meio da Vigilância Epidemiológica, pertencente à Secretaria Municipal de Saúde, recebeu 4.200 doses de imunizantes e, desde segunda-feira, 12, promove mais uma Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Até quinta-feira, 15, 1.763 moradores já haviam sido vacinados.

De acordo com a coordenadora da VE, enfermeira Rosana Oliveira, a vacina contra a influenza garante proteção para três tipos de vírus (H1N1, H3N2 e Influenza B). Ele lembra que a imunização não protege contra a Covid-19.

A primeira fase da campanha segue até o dia 10 de maio, uma segunda-feira, englobando crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas (mulheres que deram à luz há 45 dias ou menos) e trabalhadores da área da Saúde.

A imunização acontece de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 16h, nos locais: UBS Central, UBS Valinho, ESF Rosa Garcia, PSF Santa Rita, ESF Santa Luzia, PSF Vila Angélica, ESF Tóquio, ESF São Cristóvão e ESF Jardins de Tatuí; e na UBS Santa Cruz, das 8h às 12h.

Para receber a vacina, os grupos prioritários precisam apresentar o cartão do SUS (Sistema Único de Saúde), um comprovante de endereço de Tatuí e um documento com foto.

Publicidade

A coordenadora da VE reforça a importância de as mães levarem as crianças a um dos dez polos no município para receberem as doses, sempre portando documentos e carteira de vacina. Já as gestantes ainda devem apresentar a carteira do pré-natal.

A recomendação do Ministério da Saúde é de que os munícipes que já se vacinaram contra a Covid-19, tendo recebido uma ou duas doses de imunizantes, aguardem intervalo mínimo de 14 dias para receberem a vacina contra a gripe.

O departamento de comunicação da prefeitura ressalta que os idosos, que sempre estiveram na primeira fase da imunização contra a Influenza, foram remanejados para o grupo seguinte, justamente para evitar conflitos com a vacinação contra o novo coronavírus, que ocorre simultaneamente.

Além dos idosos a partir de 60 anos, os professores das redes de ensino pública e privada inclusos no atual cronograma de vacinação contra a Covid-19, também receberão a dose contra a gripe na segunda fase da campanha, prevista para ser iniciada no dia 11 de maio, uma terça-feira.

Posteriormente, a terceira fase começará no dia 9 de junho, uma quarta-feira, para os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e com outras condições clínicas especiais, além de munícipes portadores de deficiência permanente.

A terceira fase da campanha ainda irá imunizar: profissionais das Forças armadas, de segurança e salvamento; caminhoneiros; trabalhadores portuários e de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso; funcionários do sistema prisional; população privada de liberdade; e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas.

Conforme Rosana, a meta da campanha nacional é imunizar pelo menos 90% do público-alvo no país. Da mesma forma, o objetivo da VE é vacinar, no mínimo, 90% do público-alvo no município.

Publicidade